Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

IMG_0107

Luzes retocadas!

Desde aquele último incidente que tive com meu cabelo, onde sofri algumas manchas durante o retoque e precisei descolorir o cabelo duas vezes num intervalo de um dia, que quis esperar bastante pra retocar novamente.

Mas aí que 4 meses se passaram e eu não estava aguentando mais aquela estrada de 4 dedos de cabelo escuro passando na minha cabeça e resolvi que era hora de retocar, mesmo que fosse algo bem sutil. Então veio a dúvida: fazer em casa na touca, ou no salão no papel?

Escolhi fazer em casa dessa vez porque queria fazer minha baguncinha de sempre, clarear mais umas partes do que outras e isso na touca acaba sendo mais fácil.

Como a parte de trás do cabelo tinha sido tingida de castanho da última vez pra cobrir as manchas, essa área estava bem escura e precisando descolorir mais. Já na parte de cima do cabelo os fios já estavam bem loiros e também muito sensibilizados.

IMG_9382

Produto usados, na ordem de utilização:

  1. Descolorante Blonde Me Premiun Lift que abre até 9 tons (tem aqui)
  2. Água oxigenada de 30 da mesma linha (tem aqui)
  3. Shampoo pH acid balance blonde Me (tem aqui, ainda vou fazer resenha dele, mas gostei muito)
  4. Shampoo Grey Loreal usado na matização por 10 minutos (tem aqui)
  5. Penetraitt Sebastian para reconstruir os fios (tem aqui)

Pois bem, touca na cabeça começamos a puxar os tufos (meu marido sempre me ajuda). Na parte de cima eu puxei mechas finíssimas porque só queria disfarçar aquela raiz pretona, e na parte de trás puxamos mechas grossas pra descolorir bem (cuidando para que a primeira camada do cabelo, o topo, ficasse todo igual, então puxei mechas finas nessa parte também, fazendo todo topo do cabelo com mechas finas).

Apliquei o descolorante até metade do cabelo, pra não dar aquela divisão, e deixei agindo por 30 minutos. Aí puxei até as pontas que estavam muito amarelas e oxidadas e deixei mais 30 minutos (menos do que isso minhas pontas não abrem, infelizmente).

No total fiquei 1 hora com descolorante nos fios e apesar do dia estar mega frio eu achei que abriu bem. A Swcharzkopf não recomenda, mas sempre coloco papel alumínio pra ajudar clarear mais rápido, ainda mais num dia tão frio.

A mistura eu sempre faço na proporção 1:1,5 (uma medida de descolorante para 1 e meia de ox), mas dessa vez acho que deveria ter enchido mais a medida de descolorante porque ficou mais mole que de costume (na foto está com a textura ideal).

IMG_0080-horz IMG_0099-horzE ficou assim…

Resultado final: cumpri meu objetivo que era disfarçar a raiz, mas confesso que não foi meu retoque preferido… Como eu puxei tufos muito fininhos em cima o cabelo ficou meio “frizado” nessa parte, sei que com os tratamentos vai melhorar, mas está me incomodando. Outra coisa que aconteceu por conta disso foi o descolorante ter vazado um tico em algumas partes nessa área, manchando levemente algumas mechas. Aqui a dica e anotação mental é fazer a mistura um pouco mais grossa e tentar não apertar a touca enquanto o descolorante age 🙁 mas felizmente foi no meio da cabeça e como só uso o cabelo de lado não se nota. Se me incomodar é só “pingar” um tonalizante loiro escuro na manchinha, mas quero evitar fazer isso porque na descoloração seguinte a cor costuma ficar meio alaranjada nessa parte com tonalizante.

Sobre a saúde do cabelo algumas mechas ficaram levemente elásticas (como de costume hehe), mas não foram danos graves.

Novamente, entre mortos e feridos salvaram-se todos, rs!

Pra quem ainda não viu esse vídeo ~tenso~ onde eu mostro um dos meus primeiros retoques em casa, pega a pipoca e vem se divertir com o desespero da pessoa (não sei como meu cabelo não caiu nesse dia hahaha):

Agora segura na minha mão e vem tratar esse cabelo!

(amores meus, estou em Tiradentes-MG tirando uma folguinha! Teremos posts normalmente, mas se quiser pode me acompanhar de pertinho no meu Instagram @euvouderosa ou aqui no Facebook)

Artigos Relacionados

Categorias: Sobrancelhas Por Bia Munstein

 Minha micropigmentação!

Eu já tinha feito post com todos os detalhes da minha micropigmentação nas sobrancelhas -também conhecido como microblanding- mas como esses dias gravei um vídeo mostrando os detalhes resolvi postar novamente!

No vídeo é legal que dá pra ver de pertinho o resultado e também aproveitei o dia que minha mãe foi fazer o retoque da dela pra gravar a Talitha realizando o procedimento.

Espero que gostem! Deixo as fotos abaixo pra quem perdeu:

Antes e Depois da micropigmentação

Confiram o vídeo:

 

Onde fazer: Pra quem mora no estado do Rio vou deixar a dica de quem eu e minha mãe fizemos: foi com a Talitha Sobrancelhas, que foi indicação de uma leitora (muito obrigada flor!) e só tenho elogios ao trabalho dela. Ela atende no centro do Rio e também em Caxias. O whatsapp dela pra quem quiser informações: (21) 99633-4504

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, óleos, Produtos Testados Por Bia Munstein

IMG_102169

Eu sei que já falei desse óleo quando ele entrou nos meus preferidos, mas seria uma injustiça não fazer um post só pra ele! Eu TINHA que fazer, e cá estamos com a resenha desse maravilhoso <3

Ele vem nessa embalagem estilo garrafinha, sem pump, mas com dosador tipo gotas. Tem pra vender online aqui na Beleza na Web.

Veja descrição do fabricante:

Schwarzkopf Professional BC Bonacure Oil Miracle Barbary Fig é um óleo de tratamento para fios danificados, ressecados e quebradiços. Deixa a textura suavizada e com brilho. Contém em sua formulação ativos extraídos de plantas que tratam falta de força e vitalidade do cabelo causados por agentes externos. Possui textura suave, que não sobrecarrega a fibra capilar, deixando-a com movimento e brilho imediatos.

IMG_9240 IMG_9243Barbary Fig Oil

Modo de usar: óleos finalizadores são super versáteis e com esse não é diferente. Pode-se usar no cabelo molhado antes de fazer escova pra deixar os fios mais sedosos e proteger do calor (silicone ajuda proteger do calor), pode-se usar algumas gostas no meio da hidratação, misturado a máscara, e pode-se usar do modo mais tradicional que é aplicando algumas gostas no cabelo seco. Meu modo preferido.

Alguns dos principais ativos da linha Barbary fig:

  • Manteiga de karité
  • Óleo de figueira da índia
  • Óleo de Damasco
  • Pantenol
  • Lanolina
  • Micro queratina

IMG_102148-horzantes e depois da aplicação

IMG_102137

O que eu achei: só pelo fato de ele ter entrado nos meus preferidos já demonstra que amei o produto, certo? Mas quero detalhar com carinho o porque gostei tanto dele. Afinal essa é a definição de “resenha”.

Vou começar pelo cheiro que é uma coisa de tão bom, talvez um dos melhores cheiros que já senti em óleos capilares. Um cheiro sofisticado, de banheiro de ryco, seria a melhor definição.

A textura dele é grossa, não é daqueles óleos finíssimos tipo o Luxe Oil (que também entrou no meus preferidos e falei da diferença entre eles), ele lembra a textura do orofluído que é outro maravilhoso e só não entrou nesse último post de preferidos por ser amarelo (cabelo loiros deve evitar essa cor, mas ele é o must para morenas e ruivas).

Voltando ao Barbary Fig ele virou meu amadinho pela incrível capacidade que ele tem de amaciar meu cabelo mesmo quando ele está super áspero! Certo dia eu tinha feito uma reconstrução nos fios e não finalizei com condicionador, não lembro o que usei, só sei que meu cabelo ficou bem áspero. Foi a primeiro vez que usei esse óleo e ele me ganhou de cara. Deixou o cabelo super macio e tirou aquelas pontas estáticas.

Como disse lá em cima ele é um óleo mais pesado, indicado para fios secos e ressecados, apesar dele absorver rápido nos fios, deixando só a maciez, ainda imagino que possa pesar em cabelos muitos finos e com tendencia a oleosidade.

Cabelos rebeldes, secos e ressecados e que fazem muita escova e chapinha podem se jogar!

Ah pra quem perdeu já fiz resenha da máscara dessa linha aqui. Maravilhosa!

Onde encontrar: tem aqui na Beleza na Web.

 

Artigos Relacionados

Categorias: Perfumes Por Bia Munstein

IMG_9001

Nova fragrância Ana Hickmann para Jequiti: Elegance!

Recebi da assessoria de imprensa esse novo perfume da Ana Hickmann em parceria com a Jequiti e hoje vou contar pra vocês o que achei.

O frasco é bem bonito, com linhas simples e elegantes, mas com um “q” de fofo por conta da delicadeza. Ele é transparente, ovalado e a cor rosada é do próprio perfume. O laço de tecido da um toque todo especial ao design.

Custa 89 reais a embalagem de 80ml aqui na Época Cosméticos.

Veja descrição da fragrância:

Elegance é um floral suave que realça a sofisticação e a elegância da apresentadora e marca sua fase mais plena. Amante das flores, Ana Hickmann sempre fez questão que elas estivessem presente em suas fragrâncias. Mas desta vez, este novo floral teria que ser mais que especial, seria o protagonista, pois iria retratar o novo momento de Ana Hickmann, que é o lado maternal. O resultado foi um perfume repleto de feminilidade, para mulheres maduras que se sentem completas.

jequiti-anahickmann-wallpapIMG_9003 IMG_9010IMG_9213 IMG_9219
Pirâmide Olfativa:
Topo: Bergamota, Mandarina, Melão, Cassis, Grapefruit, Maçã, Abacaxi e Lima da Pérsia
Corpo: Rosa, Jasmim, Violeta, Muguet, Mimosa e Flor de Laranjeira.
Fundo: Baunilha, Almíscar, Cedro, Âmbar Vetiver e Mel.

Falando da fragrância em si o floral é bem marcante, mas ao fundo é possível perceber levemente a baunilha. O componente cítrico também é bem percebido na saída, mas o que realmente marca é o floral da composição, em especial o jasmim.

Achei um perfume bem fácil de gostar por não ser muito agressivo! Acho que a descrição “floral vibrante” combina bem.

Na embalagem vem escrito “Ana Hickmann parfums” o que me confundiu um pouco, mas olhando no fundo da embalagem é possível ver que na verdade é uma deo colônia.

A fixação, para deo colônia, até que é boa, pude sentir até umas 4 horas depois.

Onde encontrar: tem aqui na Época Cosméticos.

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, nutrição, Produtos Testados, Reconstrução Por Bia Munstein

IMG_0042

No ar a tão pedida resenha do Banho de Verniz YKAS!

Parece que a marca anda em voga entre as bloggers e desde que fiz o post com as novidades que recebi que tenho tido pedidos de resenha do banho de verniz nas redes sociais.

Como vocês sabem testei o produto a convite da Doce Beleza que é quem revende os produtos na internet. Tem aqui disponível em três tamanhos: 1kg, 500gr e 250gr. Eu usei a versão de 1 quilo, mas todas são a mesma coisa. (inclusive estamos sorteando um kit aqui no meu Insta)

Veja a descrição do fabricante:

Ykas Banho de Verniz Máscara Brilho Máximo é uma máscara de tratamento semanal desenvolvida para o cuidado de todos os tipos de cabelos. É ideal para deixar os fios com um brilho radiante, sedosos e com maciez intensa. Também protege a cor, alinha os fios e garante um brilho intenso e duradouro.

IMG_9194 IMG_9191 IMG_9190Banho de Verniz Ykas

IMG_9235-vertingredientes

Usei assim: após lavar os cabelos duas vezes com shampoo, parti direto para aplicação do banho de verniz, nos cabelos enxutos somente com a toalha. Apliquei uma quantidade suficiente para cobrir todo cabelo evitando apenas a raiz. Devo ter usado uma colher de sopa rasa -apenas para comparação, não é aconselhável usar metal para manipular cremes. Dê preferencia para plástico-. Deixei agindo por 10 minutos com uma touca plástica, mas o fabricante indica de 5 a 15 minutos, podendo ou não usar fonte de calor. Enxaguei na água fria, o que não é lá muito agradável no inverno, mas nesse dia o clima facilitou e isso é sempre uma melhor pedida do que água quente. Sequei como de costume.

IMG_0065-horzResultado imediato nos fios

O que eu achei: a máscara Banho de Verniz é um tratamento nutritivo e levemente reconstrutor.  Ele é leve, portanto não pesa os fios, deixando-os bem soltinhos. O brilho é de fato acentuado, mesmo num cabelo loiro que é bem complicado de brilhar, mas em cabelos escuros com certeza o efeito deve ser superior.

Tem uma fórmula muito boa, com vários óleos como: argan, macadâmia, karitê, andiroba, castanha do pará, cupuaçu, além da queratina hidrolisada. Mas no quesito hidratação como estou com os fios bem secos -meu cabelo anda meio de lua- no dia que utilizei senti falta de um pouco mais de “peso”, porém no dia seguinte o cabelo estava muito mais macio. Isso pode ser devido a queratina na fórmula, que demora mais pra assentar no cabelo, digamos assim.

Senti bastante o efeito da reconstrução e mesmo tendo vários óleos não é uma máscara gordurosa, pode ser usada por cabelo de normais a secos, especialmente se estiverem danificados.

O produto não tem “química”, podendo ser usado por todo tipo de cabelo, uma vez na semana. Gosto de frisar o “sem química” pelo fato de algumas pessoas confundirem o nome com aquele procedimento que era feito antigamente em salões usando normalmente uma tintura.

Além do post fiz também um vídeo mostrando a aplicação e o resultado e atendendo a pedidos gravei a aplicação na minha bancada, em vez de aplicar no chuveiro como vinha fazendo. Me digam como preferem 🙂

 

Onde encontrar: tem aqui na Doce Beleza.

 

Confira o vídeo com aplicação passo a passo:

 

*Este post foi patrocinado pelo fabricante.

 

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Produtos Testados Por Bia Munstein

Loiros iluminados Nick&Vick: post e videoLoiros Iluminados Pro Hair Nick&Vick

Eu estava mesmo precisando dar uma desamarelada nos fios e essa linha da Nick&Vick veio bem a calhar.

Segundo a marca a linha é indicada para cabelos loiros, com mechas e grisalhos, e a proposta é remover gradativamente o tom amarelado dos fios, deixando-os mais platinados.

A linha é composta por shampoo, condicionador, leite Condicionante e máscara. Eu testei o shampoo e o condicionador -que é novidade da linha- e hoje vou contar pra vocês o que achei e também teremos vídeo com aplicação dos produtos.

Veja descrição do fabricante:

É uma perfeita combinação de alta tecnologia e ativos naturais para neutralizar os tons amarelados dos cabelos loiros. Seus ingredientes como Óleo de Palma, Arginina e Proteína Hidrolisada ajudam a recuperar e manter o tom dos fios, proporcionando nutrição, força, proteção e remoção gradativa dos tons amarelados, além de deixá-los mais resistentes, macios, brilhantes e com efeito platinado. Intensifique os resultados utilizando os demais produtos da linha PRO-Hair Loiros Iluminados. Sem adição de cloreto de sódio. Nanotecnologia • Proteção UV • Não pesa nos fios.

Loiros iluminados Nick&Vick: post e video Loiros iluminados Nick&Vick: post e video Loiros iluminados Nick&Vick: post e video

Principais ativos: Óleo de Palma, Arginina  e Proteína Hidrolisada.

Eu usei assim: lavei o cabelo duas vezes com o shampoo, deixando pausar 5 minutos na segunda aplicação. Depois do enxágue apliquei o condicionador e deixei agir por alguns minutos. Enxaguei bem e sequei como de costume.

Loiros iluminados Nick&Vick: post e video Loiros iluminados Nick&Vick: post e videoResultado nos fios

Loiros iluminados Nick&Vick: post e videoAntes e depois da cor

O que eu achei: o shampoo é a estrela da linha como comentei no vídeo! Bem pigmentado, gostoso de aplicar pela textura e cremosidade, não resseca nem embola os fios e pra finalizar ainda é MEGA cheiroso.  O condicionador também é muito bacana porque é emoliente e desembaraça bem os fios. É hidratante, mas não chega pesar sendo seguro para cabelos de normais a secos.

O resultado final são fios suavemente desamarelados, com 5 minutos de shampoo, podendo potencializar o efeito acinzentado deixando agir por 10 minutos. O cabelos também fica bem mais brilhoso e com as partes clarinhas iluminadas.

IMG_9143

No vídeo eu também mostro a máscara da linha, que eu não usei nesse dia, mas tem uma cor e uma textura ótima e me pareceu uma ótima opção (me lembrou a da Biocale).

 

Agora confire o vídeo com a aplicação dos produtos:

Veja onde encontrar aqui no site da Nick&Vick.

 

*Este post foi patrocinado pelo fabricante

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"