Categorias: Aniversario, Culinária Por Bia Munstein

IMG_2005

Atenção: meninas, quem está vendo essa postagem na página inicial do blog por favor clique em “CRTL + F5” pra atualizar todo o blog. Ou delete o cachê e os cookies do seu navegador. Já tivemos vários posts depois desse. Obrigada 🙂

———————–

Eu postei todas as receitas que fiz no meu aniversário e esqueci de colocar a receita do docinho mais gostoso da festa! Mas essa injustiça não vai se perpetuar e aqui está a receita desse doce fino de castanha do pará maravilhoso que eu inventei haha #mentira

Se você não viu as outras receitas aqui vai:

Voltando ao docinho eu confesso que ia fazer de nozes (camafeu) mas o preço das nozes me fizeram mudar de ideia (89,90 0 quilo!) na verdade eu até ia comprar porque eram só 300gr e nem ia ficar tããão caro assim mas vi as castanhas do pará lindas e por ~apenas~ 45 o quilo e não resisti.

E posso falar com toda sinceridade do mundo: ficou delicioso!

O interessante é que no fim as castanhas dão um gostinho longe de leite em pó no doce, achei muito especial.

Eu quis fazer os docinhos fondados e comprei o fondant pronto, mas pra falar a verdade acho que teria ficado ainda melhor sem ele.

Bom, mas vamos a receita! 

  • 3 latas de leite condensado de boa qualidade
  • 300gr de castanhas do pará moídas ou trituradas
  • meio quilo de fondant pronto (aqui a Palmirinha ensina fazer em casa)

Eu passei as castanhas no processador, mas você também pode ir triturando aos poucos no liquidificador ou se quiser os pedaços aparecendo mais no docinho soque elas com o soquete dentro de um plástico. Depois de trituradas eu coloquei uma pitadinha de nada de sal na castanha (muito pouco mesmo)

foto-horz

Doce assim que saiu do fogo e depois de frio com uma bolinha

Misture o leite condensado com as castanhas trituradas e leve ao fogo médio mexendo sem parar até começar a soltar do fundo da panela. Eu nunca tinha feito docinho assim sozinha e não sabia o ponto. Mas é fácil: quando ele começar soltar o fundo da panela é quando você vira a panela de ladinho e ele se desprende do fundo com facilidade, quando você passa a colher de pau, puxando o doce pro meio da panela, e ele vem acompanhando a colher. O meu demorou uns 20 minutos pra ficar no ponto. Não pode deixar muito duro porque agarra no dente, ele fica um mingau bem grossão e depois de frio endurece mais.

Deixe esfriar fora de geladeira por umas 4-5 horas. Aí é só enrolar. Eu enrolo molhando a mão na água mesmo, até porque esse doce já tem bastante gordura da castanha. Docinho mais fácil de enrolar que já vi na vida.

Fondant: eu não gosto do gosto do fondant mas eu queria fazer um docinho com cara de fino hehe comprei meio kilo de fondant pronto por 6 reais, aí é só derreter em banho maria com um pouquinho de água e tá pronto, só mergulhar os docinhos e escorrer segurando eles com um garfo. (é simples mas foi um saco de fazer) Pra quem quiser fazer o fondant em casa aqui tem um vídeo da Palmirinha ensinando.

Por fim é só colocar um pedacinho da castanha em cima pra decorar logo que tirar o doce do fondant, ainda molhado.

Hoje eu faria sem o fondant e passaria o doce no açúcar, no côco, na própria castanha triturada, etc.

A receita me rendeu 70 docinhos ENORMES, quase uns 3 do tamanho festa.

Artigos Relacionados

Resumo de semana: o que teve?

18 de setembro de 2014 - 10:30

[…] Na terça coloquei pra vocês uma recetinha bem light -só que não- do docinho mais gostoso que fiz no meu anivesário mês passado. Docinho de castanha do pará. Mega fácil de fazer, clica. […]

[…] Docinho fondado/fino de castanha do pará (receita aqui) […]

Carol

22 de setembro de 2013 - 15:52

Sabe final de mês que não tem mais nada no armário? Eu de TPM louca para comer um doce, domingão, tudo fechado. Achei um leite condensado e ia comer puro mesmo, daí lembrei do seu docinho. Ainda tinha umas castanhas e me arrisquei. Passei as bolinhas na castanha moída. Nossa, mega fácil. Que delícia e que chique né. Fiz o maior sucesso. Passei a receita para um monte de mulheres desesperadas. Obrigada Bia!!!!!

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"