Categorias: cabelos, Produtos Testados, Reconstrução Por Bia Munstein

Resenha: ciment thermique Kerastase

Gente, não sei se já comentei com vocês aqui no blog -acho que tive um dejavu- mas eu tenho um caso de amor com esse leave in desde 2010! Na verdade a gente namorava a distância, sabe? Só que iam aparecendo pretendentes mais próximos e a gente nunca marcava de se encontrar.

Chegou o dia! Estamos juntos <3 (o meu é aqui da Empório Charme)

Veja descrição do fabricante:

Indicado para ser utilizado antes do secador, esse finalizador de reconstrução irá proporcionar máxima preservação da superfície do cabelo durante a ação térmica. E seus benefícios, ativados pela ação do calor, serão fios macios da raiz às pontas, soltos, com maleabilidade e cutícula capilar selada. Possui as tecnologias Vita-Ciment® e Vita-Topseal que atua nas áreas extremamente danificadas do cabelo para obter uma reconstrução intensa e profunda da fibra capilar.

Historinha: Eu lembro que lá em 2010 meu cabelo estava em fase terminal depois de um progressiva louca que eu fiz e acabou com meu cabelo. Quem é leitora mais antiga deve lembrar dessa episódio, mas resumidamente o que acontecia era que o cabelo estava tão podre que eu cortava as pontas e quando elas viam calor -do secador- elas viravam aqueles cabelinhos que saem do milho, sabe? Igualzinho!! Era uma coisa desesperadora de se ver.

Infelizmente não teve fórmula mágica, eu tive que cortar quase todo cabelo e isso explica boa parte do meu repúdio com progressiva. Eles inventam mil fórmulas, pouco testadas, e vira e mexe acontece esse tipo de coisa, porque ninguém sabe ao certo o que aquilo vai dar.

Mas vamos voltar pra terra? Sei lá porque fiz essa volta… ah sim, foi porque foi nessa época que eu era loura pra testar o Ciment Thermique! hehe

 

IMG_7819 Resenha: ciment thermique Kerastase

Eu uso assim: com o cabelo úmido, enxuto com a toalha (depois de lavar e hidratar), eu aplico a quantidade equivalente a duas ervilhas de produto no cabelo. Divido ele no meio, sobre os ombros, e aplico uma ervilha em cada metade. Sempre começando do meio para as pontas e passando somente as mãos “sujas” por cima do cabelo (nunca direto na raiz). Aí como ele é protetor térmico e ativado pelo calor a gente seca fazendo escova.

IMG_102046-horz IMG_102030

O que eu achei: como eu disse ele tem proteção térmica, mas não é qualquer coisa. Acho que todo mundo sabe que o cabelo quando está muito danificado se quebra com mais facilidade, né? Então a escovação pode ser muito prejudicial, favorecendo a quebra. Por isso esse produto foi desenvolvido. Ele promete proteção térmica elevada tanto do secador quando da chapinha. É um leave in reconstrutor antiquebra e anti pontas duplas para escovar cabelos danificados. Bom né?

Eu não vou dizer que senti nada de outro mundo utilizando ele porque não senti, não é essa a proposta, o lance dele e proteger o cabelo e ao mesmo tempo ajudar a reconstruir e fortalecer a fibra. Aquela coisa que você vai usando e notando o resultado com o tempo, mas fica a paz de espírito de saber que está fazendo o melhor pelo seu cabelo.

O resultado que tenho com ele é parecido com o Nectar Thermique, é um protetor térmico leve, que não deixa o cabelo pesado, só que ele deixa o fio um pouco mais enrijecido, não é duro, você só sente o fio mais firme, clássico de uma reconstrução.

Estou amando usar, já usei várias vezes, com diferentes produtos, e recomendo muito para fios danificados! Agora se seu problema é mais frizz, ressecamento e aquela “rebeldia” aí eu te recomendo o Liss Unlimited da Loreal que fiz post aqui. Mas veja bem: o Ciment Thermique é também um tratamento, que ajuda reconstruir, o Liss não. Entendem quando eu digo é complicado comparar os produtos e dizer esse é melhor do que aquele? Cada um tem sua proposta, cada um tem sua indicação.

 

Onde encontrar: tem aqui na Empório Charme.

Pra quem não viu deixo o passo a passo de aplicação da linha Therapiste Kerastase onde usei o Ciment Thermique pra finalizar e falei mais um pouco sobre ele:

 

 

Comments

comments

Artigos Relacionados

Angelina Nascimento de Melo

7 de dezembro de 2016 - 16:42

Estou na dúvida de qual comprar: ciment ou néctar thermique. Pinto a raiz do cabelo, pois tenho fios brancos e faço algumas luzes. Meu cabelo é fino e tem um pouco de volume. Gosto de cabelo sedoso e brilhante. Qual você me indica? Beijos e obrigada pelo ótimo blog!

Bia Munstein

9 de dezembro de 2016 - 22:20

Flor o que deixa o cabelo sedoso e brilhante costuma ser mais o tratamento feito antes do leave in! Vc já tem boas máscaras? Se realmente quer o leave in eu acho que gostará mais do néctar 😉

Angelina Melo

10 de dezembro de 2016 - 21:16

Obrigada por responder! Tenho boas máscaras sim: therapiste e nutritive da kerastase, joico moisture recovery e senscience inner restore intensif. Shampoo tenho o da joico moisture recovery, o therapiste e o chroma captive da kerastase

Nady

27 de maio de 2016 - 9:05

Parabens pela resenha tenho essa linha toda e é excelente.

Anônimo

27 de maio de 2016 - 9:03

Parabens pela resenha tenho essa linha toda da Kerastase e é excelente.

Renata Laís

25 de maio de 2016 - 22:43

Oi bia, amo seu blog e te admiro muito, sei que a postagem não é sobre o que vou falar mas não sei outro meio que vc possa ler rápido. Então, ano passado comprei na felunique a linha k pak da joico, que vem 4 produtos(shampoo, condicionador, hidratante e reconstrutor), e são de forma pequena sabe? mais barato também. Sendo que ate hoje acho estranho a consistencia do reconstrutor que é meio aguado.. mole, escorre muito fácil…é normal? se quiser tiro foto e te mando por algum meio pra te mostrar. Outra dúvida é que na caixa veio dizendo que a ordem era shampoo, condicionador, reconstrutor e hidratante. Pra mim o condicionador sempre era por último.
Beijos! fica com Deus.

Bia Munstein

27 de maio de 2016 - 11:00

é normal sim flor, mas tem que dar uma sacudia antes de usar! ele é qualhado mesmo, até falei isso no post que fiz deles esses dias
beijos

Andreia Vitor

25 de maio de 2016 - 8:50

Oi Bia.
Otima resenha.
Eu tenho esse produto e gosto bastante,acho que ele ajuda e escova a deslizar melhor.
Meu cabelo como e muito danificado eu misturo ele com o oleo da lanza keratin oil, ai fica perfeito!!!
Seu cabelo esta lindo, gostei bastante do corte.

bjos

Malena

25 de maio de 2016 - 8:27

Adorei a resenha, tbm sou doida por esse produto (alias por vários da Kerastase, mas ainda não tive coragem -$$$- de comprar. rs)
Bia, se tiver oportunidade testa o defrizante Thermoliss da Inoar? Pelo que andei lendo ele tem aquela proposta de deixar o cabelo mais liso e eu estou em busca de um produto assim, porém não vi muita resenha dele. Estou pra comprar o Lanza Healing Smooth ou o Joico Smoothing Balm que vc indicou aqui, pois abandonei a progressiva de vez e agora faço apenas chapinha mas minha raiz é bem enrrolada, na hora que faço fica lisinho, mas passou algumas horinhas já começa aparecer aquelas ondinhas na raiz e da uma raiva. rsrs
Então, queria saber se esse da Inoar é parecido com os outros dois, afinal custa menos de 1/4 do valor dos outros(até pq os outros são importados e esse nacional) então se for a mesma proposta acho que vale a pena né?!

Beijus linda!

Bia Munstein

27 de maio de 2016 - 11:02

anotado aqui 🙂
bjos

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"