Categorias: cabelos Por Bia Munstein

ativos cabelo ingredientes

Olha que bacana você olhar o rótulo da sua máscara de tratamento capilar e saber o que é cada ingrediente usado!

Infelizmente não é bem o acontece, né? Não sei porque raios todas as marcas, inclusive as nacionais, colocam os nomes dos ativos em inglês ou mesmo usam seu nome científico. Talvez seja alguma norma regulamentadora de cosméticos ou talvez seja somente pra ninguém saber o que tem ali ao certo…

Mas eu venho pesquisando e montando esse post já algum tempo, sempre que eu vejo algum ingrediente que não conheço eu pesquiso o que é e adiciono ele aqui nesse post. Aliás creio que vocês devem ter notado que em vários posts e vídeos eu venho falando sobre os ativos, né? Como já estamos com uma listinha considerável resolvi publicar!

 

Esses são os ativos que mais encontro nas minhas máscaras de cabelo:

 

Aleurites moluccana (kukui) seed oil: óleo de noz da índia (tem na revitaluxe joico e na Moi Moi Lanza, por exemplo). tua na maleabilidade do fio, além de reter a hidratação.

Aloe barbadensis: babosa (aloe vera). Doa brilho, sedosidade e também ajuda com a caspa. É um dos poucos ingredientes “caseiros” qye realmente deixam o cabelo bonito! Você pode bater a polpa -somente raspando com a colher- com duas colheres de creme branco, no liquidificador. E aplicar nos cabelo lavados com shampoo e úmidos. Deixe agir uns 20 minutos e tenha um cabelo muito sedoso e brilhoso. (fiz muuuito na adolescência, mas a melhor babosa é aquela bem larga e gorda)

Evening primrose: óleo de prímula. Serve para diversas coisa, inclusive tratar TPM (ingerindo), mas como o post é sobre cabelos vamos nos ater a isso.O óleo de prímula ajuda no ressecamento dos fios e também no do couro cabelo. Atua muito bem contra a descamação e até mesmo contra a queda de cabelos (desde que aplicado no couro cabeludo).

Parkii/ shea Butter: manteiga de Karité: fornece brilho e nutrição, além de ajudar proteger do sol, sendo um protetor solar natural. É antioxidante e emoliente.

Carthamus tinctorius oil (safflower): óleo de cártamo (tem joico k-pak, por exemplo). Famoso óleo para “emagracer” ele também atua na saúde dos fios. Contém vitamina E, é ótimo para cabelos secos e também para pele.

Hydrolyzed wheat protein: proteína de trigo. Proporciona maior flexibilidade na fibra capilar (emoliência) e também doa brilho e maciez.

Hydrolyzed yeast: levedura de cerveja. Antioxidante, possui vitaminas A e E, auxilia na queda e favorece o crescimento do cabelo.

Helianthus annuus seed oil: óleo de girassol. Possui ácidos linoleico e oleico, com propriedades hidratantes e emolientes tanto para pele quanto para o cabelo. Protege também a cor.

Ricinus communis seed oil: óleo de rícino/mamona: deixa o cabelo mais encorpado (grosso) e ajuda nos crescimento. Fiz um post falando da minha experiência com ele aqui no blog. (tem na cavalo forte da haskel, por exemplo).

Argania Spinosa Kernel oil: famoso óleo de argan. Nutre, reestrutura e fortalece os cabelos. É antioxidante, doador de brilho e sedosidade.

Zea mays oil: óleo de milho. Contém vitamina E, que é antioxidante, mas é comumente usado nos cosméticos como “carreador”, para diluir outros óleos.

Bertholletia excelsa seed oil: castanha do pará. Possui vitamina A e E, zinco e selênio. Ótimo para cabelos secos e ressecados.

Glycyrrhiza glabra (liquorice): alcaçuz. Possui cumarinas, flavonóides, óleos voláteis, glicosídeos, chalconas, esteróis vegetais, anetol, e glicirrízico. É mais doce que o açúcar, ajuda na queda de cabelo, acalma o couro cabeludo e favorece o crescimento do fio. Ótimo para cabelos secos, ressecados e danificados.

Simmondsia chinensis: Jojoba. Rico em vitamina E, proporciona brilho e sedosidade ao cabelos e atua tanto no ressecamento quando no excesso de oleosidade. Ajuda no crescimento capilar e e parecido com o sebo/óleo produzido pelo próprio couro cabeludo. (preciso urgente de um vidrinho rs)

Postcetyl palmitate: lípido (gordura) vegetal puro derivado de álcool cetílico e ácido palmítico . Palmitato de cetilo é uma substância natural, uma vez que ocorre naturalmente no esperma das baleias. Ingrediente emoliente, reduz a sensação gordurosa.

Lactic Acid: O ácido láctico é um ingrediente em muitos shampoos e outros produtos capilares. Ele serve uma série de fins, dependendo da forma como o produto é formulado. Pode relaxar e alisar as escamas do cabelo, tornando-o mais manejável. Um grande fabricante de shampoo apregoa ácido lático em seu site como um ingrediente que ajuda a restaurar a força e elasticidade ao cabelo, alterando a carga iônica das suas moléculas. Em concentrações ligeiramente mais elevadas, o ácido láctico, também desnuda parte do revestimento de queratina protetora do cabelo. Isso melhora a capacidade do cabelo para absorver outros ingredientes restauradores. (ex: Absolur Repair L’oreal).

Gostaram do post? A tendência é ele crescer!

Quem quiser adicionar algum é só deixar nome e benefícios do ativo nos comentários que coloco aqui 🙂

 

Artigos Relacionados

Jéssica

20 de novembro de 2016 - 21:03

Bia adorei o post, sempre me preocupo em ler os rótulos e até mesmo a ordem dos ingredientes (os de maior proporção vão em primeiro) tenho algumas dúvidas sobre os petrolatos e derivados de petróleo utilizados em cosméticos, qual sua opinião sobre eles?

Bia Munstein

21 de novembro de 2016 - 6:09

Preciso fazer um post sobre isso mas quase todos meus produtos tem 🙁

Paula Fernandes

12 de junho de 2016 - 12:05

Bia bom dia!
Fala pra gente se a babosa (in natura) batida com a máscara no liquidificador pode manchar os cabelos loiros. Concordo com vc q é uma da melhores receitas caseiras mas tenho medo de usar.

Bia Munstein

14 de junho de 2016 - 10:53

flor não acho que possa manchar não… a babosa é transparente! (só a polpa que usa)
bjos

Bianca

11 de junho de 2016 - 15:46

Que legal Bia! Muito bom…..

Paula Fernandes

11 de junho de 2016 - 12:39

Excelente post Bia, obrigada pelas informações! Bj

DALIENE

10 de junho de 2016 - 15:33

Bia boa tarde vc ja testou ou conhece a mascara L’Oréal Professionnel Mythic Oil? To querendo saber se ela e boa tenho cabelo com luzes

Bia Munstein

10 de junho de 2016 - 17:24

hum essa ainda não testei 🙁

Adriana

10 de junho de 2016 - 11:58

Olá, me tira uma dúvida toda vez que você prancha o cabelo você coloca um protetor antes? Se sim qual você indica? Desde já agradeço!!

Bia Munstein

10 de junho de 2016 - 17:26

Julia

10 de junho de 2016 - 8:44

Parabéns pelo post Bia, adorei muito vou salvar aqui pra eu sempre consultar.

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"