Categorias: cabelos, Loiras, Reconstrução, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Como prometi hoje vou explicar tudo que fiz para ter aquele resultado de cor e tratamento que mostrei ontem!

Bora?

Começando pela cor!

Assim que retirei o descolorante, somente com bastante água, eu apliquei o shampoo Grey da Loreal e deixei agindo por 10 minutos. Tem dele aqui na Beleza na Web. Ele e o Silver, também da Loreal, são meus favoritos há anos e dão o mesmo efeito.  O meu Silver é  aqui da Beleza na Web,  mas no momento está mais barato aqui na Empório Charme.

Eu vou intercalando os dois pra nenhum acabar primeiro, rs.

Eu também usei o mesmo shampoo na lavagem total do cabelo depois do tratamento, então ele foi utilizado uma vez só no cabelo descolorido e mais uma vez no cabelo todo.

 

Agora vamos falar do tratamento:

Como comentei ontem a coisa ficou meio complicada porque descolori o cabelo praticamente todo e umas partes que já estavam bem fraquinhas ficaram elásticas…

Eu não me desesperei e parti para ação. Assim que tirei o shampoo matizador, com cabelo ainda na touca, decidi fazer um CPR da Senscience só naquela parte descolorida, que era onde estava o dano.

-O CPR é um reparador de porosidade. Se você não sabe como aplica o CPR tem post completíssimo dele aqui.

Eu tenho o CPR de litro, por isso eu usei sem dó, mas acho desperdício usar uma unidose só para isso, então você poderia ter usado qualquer máscara reconstrutora que tivesse em casa.

Outra coisa bacana a ser feita nesse caso seria passar um acidificante no lugar da máscara porque acidificar/baixar muito ph do cabelo, é uma das melhores coisas para cabelos elásticos.

O certo é que de todo jeito tem que passar algum creme depois do shampoo e antes de tirar a touca, então já aproveitei para começar a tratar.

A gente vai lavar depois, eu sei, mas de toda forma ajuda! Pode confiar 😉

Então retirei a touca ainda com o passo 2 do CPR no cabelo e parti para lavagem completa dos fios.

O que usei na primeira lavagem, após retirar a touca:

A linha que escolhi usar foi a All Soft da Redken, que é uma linha simplesmente maravilhosa, que atua na hidratação profunda do cabelo e levemente na reconstrução. Mas o cabelo não precisa de muita reconstrução nessa hora? Sim, mas eu queria fazer uma espécie de cauterização no final, então não podia abusar.

-Minha linha All Soft é daqui da Empório Charme.

Lavei uma vez com shampoo All Soft, outra vez com shampoo matizador que falei no início, depois de enxaguar bem apliquei a máscara All Soft, deixei agir por 10 minutos e enxaguei bem.

No cabelo enxuto com a toalha eu comecei a “cauterização”, entre aspas porque não usei chapinha. Fiz aplicando o Ciment Thermic da Kerastase, mecha a mecha, conforme ia escovando. Podia ter passado a chapinha se quisesse, ele é ideal para isso. Realmente forma uma “cola” no cabelo, cimentando os fios, daí o nome. O meu é daqui.

Outro leave in que você pode usar para fazer exatamente a mesma coisa e que é muito mais barato é a queratina em Gel da Charis, que usei no último retoque completo. Tem dela aqui.

 

E assim consegui recuperar a parte elástica do cabelo praticamente toda já na primeira vez! <3

-em tempo: todos os produtos citados já tiveram resenha aqui no blog, então se quiser saber mais é só colocar o nome (ou uma parte dele) na busca. Exemplo: se você quer buscar “ciment Thermique” coloque só “ciment”

Clicando na tag “retoque de luzes“, você navega pelos retoques anteriores, vendo tudo que foi feito e produtos que foram usados. É incrível como cada retoque eu tenho um resultado totalmente diferente, rs.

 

 

Artigos Relacionados

joyce p.g.

17 de outubro de 2017 - 11:04

Ah, outra coisa… ADORO quando você dá dica de produtos mais baratinhos que dão quase o mesmo resultado, como a queratina da Charis.
;*

Bia Munstein

20 de outubro de 2017 - 12:37

😉

joyce p.g.

17 de outubro de 2017 - 10:52

CPR, meu sonho de consumo…

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"