Categorias: cabelos, Loiras, Produtos Testados, Reconstrução Por Bia Munstein

Blonde Me Schwarzkopf: post resenha e aplicação em vídeo

Bom dia, pessoal!
Hoje tem post e vídeo com passo a passo, dessa vez dedicado as loiras! Mas calma, se você é morena ou ruiva que tal observar tudo com atenção e indicar para aquela sua amiga que não está com a cor lá muito bacana, de um modo bem sutil?? “Olha, migues! Que produto bacana! lembrei de você” 😉

O kit que testei hoje pertence a minha querida Schwarzkopf, trata-se da linha Blonde Me que foi totalmente repaginada. Eu já testei essa linha que é bem antiga da marca, nos primórdios desse blog, e desde que vi que tinham reformulado fiquei com vontade de experimentar de novo.

Os produtos usados foram:

  • Shampoo Blonde Me Cool Ice
  • Máscara Blonde Me Keratin Restore
  • Leave in Blonde Me Color Corrector

Tem todos aqui na Beleza na Web (nacional) e tem também aqui na Feelunique (internacional).

IMG_7878 Blonde Me Schwarzkopf: post resenha e aplicação em vídeo IMG_7898 Blonde Me Schwarzkopf: post resenha e aplicação em vídeo

Usei assim: lavei duas vezes com shampoo Blonde Me Cool Ice, deixando pausar dois minutos na segunda aplicação. Enxaguei bem, retirei o excesso de água apertando os fios com as mãos e apliquei a máscara Blonde Me Keratin Restore em todo cabelo. Deixei pausar 10 minutos (fabricante recomenda de 5 a 10), enxaguei bem e no cabelo úmido, enxuto com a toalha, borrifei o leave in color Corrector. Esse leave in tem várias partículas de cor e de brilho dentro do frasco, então deve ser constantemente agitado durante a aplicação.

Blonde Me Schwarzkopf: post resenha e aplicação em vídeo Blonde Me Schwarzkopf: post resenha e aplicação em vídeo
O que eu achei dos produtos:
o que é super bacana nessa linha para loiras da Schwarzkopf é que ela ajuda com o amarelo e também trata realmente o cabelo ao mesmo tempo!
Falo isso porque -via de regra- máscara matizadora não trata o cabelo, pelo contrário, pode até ressecar. A marca pensando nisso deixou a máscara totalmente livre de corantes, assim ela faz exclusivamente o tratamento do fio. Podendo ser usada em todo tempo, o cabelo precise ou não de correção na cor.

E essa máscara é incrível de boa! Eu definiria como reconstrutora, mas como ela também tem óleos na composição -óleo de semente de damasco-, ácido láctio e também pantenol, ela da uma maciez incrível pro cabelo deixando os fios muito maleáveis e gostosos ao toque.

Pode ser usada até por quem não é loira, viu? Ela é exclusiva para tratar cabelos danificados, coisa que cabelo loiro chega ser referência hehe A parte de desamarelar fica a cargo do shampoo, que não é um shampoo matizador, ele é para uso diário. Age neutralizando gradativamente o amarelo, e mais do que isso, ajudando a impedir que o cabelo oxide. Super indico que toda loira tenha um shampoo assim para uso diário. Vai minimizar e muito o estrago na cor. Ele é cheirosão -todos os produtos dessa linha são- e não resseca nada o cabelo.

Por fim falando do leave in ele é um luxinho! Super leve, bem líquido e sem nada de peso, deixa o cabelo mais suave, porém não altera muito a textura nem tem poder de controlar fios rebeldes. O que ele realmente faz é deixar o loiro mais luminoso, com as partes claras ainda mais destacadas. Eu gosto de usa-lo por cima de outro leave in mais hidratante, porque meus fios são muito ressecados, porém nesse dia usei somente ele é ficou bem bacana também. Não sofri com frizz nem nada do tipo porque a máscara segura tudo. Ah esse leave in tem a versão dourada para loiros quentes também!

Gostei demais dessa linha! Uma coisa bacana que notei de diferente nessa versão nova é que ela não tem mais a parafina líquida na composição (sim, ainda tenho a máscara antiga rs) e agora ela também tem ácido lático na fórmula. <3

 

Onde encontrar: tem aqui na Beleza na Web (nacional) e tem também aqui na Feelunique (internacional).

 

Confere o vídeo com a aplicação dos produtos:

 

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras Por Bia Munstein

Resolvi fazer este post porque recebo muitas dúvidas de leitoras querendo desesperadamente ficar loira, maaaasss sem ter que descolorir todo cabelo de uma vez! Como eu sei que tem muitas meninas querendo isso, ficar loira de hoje pra amanhã, eu vou contar um pouco da minha experiência de como cheguei até aqui. Vai ser longo, mas vou contar todos os detalhes do processo.

Ser loira é….

Um processo demorado, requer investimento, bons produtos pra tratar muito e de preferência paciência pra ir fazendo aos poucos. Seu cabelo vai ficar mais fino e sensível, mas o resultado costuma valer muito a pena! Tanto que dificilmente uma loira quer deixar de ser loira. (e se deixa muitas vezes quer logo voltar)

O que vou dizer aqui é baseado na minha experiência, que fui de um cabelo natural castanho claro (5) ao loiro que estou hoje. Na minha opinião meu processo foi mais demorado do que deveria, se eu soubesse o que sei hoje estaria com o cabelo bem loiro a mais tempo. Por isso espero que esse post te ajude 😉

Mas você quer ficar loiríssima, certo? 

Tinta: Eu não jogaria tintura nesse cabelo todo -que é o que maioria tem vontade de fazer-  porque ele vai ficar laranjão ou no mínimo uma cor estranha, meio acobreada. Se desejar muito fazer isso sugiro um teste em uma mecha pra você ter certeza da cor que irá ficar, mas o impacto da cor seria grande! Hoje eu jamais faria isso, mas caso tenha curiosidade veja abaixo algumas das minhas fazes de tintura, entre 2010 e 2011:

2algumas das minhas fases com tintas loiras (as de cima são tintas de farmácia, as de baixo super clareadoras)

O que eu te recomendo: Eu começaria fazendo luzes em todo cabelo! E posso te garantir que a gente já sai do salão se sentindo a loira! Mas na verdade, no início, o cabelo não chega a ficar muito loiro, vai ficando uma cor caramelo claro por causa da mistura das luzes com cabelo escuro. O bom é que todo mundo vai se acostumando, até você.

Entre uma descoloração e outra faça pelo menos três meses de pausa, com muita hidratação e reconstrução, porque as luzes ressecam e danificam bastante o cabelo.

Passado esse período com certeza você já não vai estar se achando tão loira e seu desejo será ficar mais e mais loira! (sinto informar que isso nunca muda)

Parta pra mais uma “dose” de luzes, puxando novamente fios em toda cabeça.

Se o resultado das luzes te agradar, mantenha assim que é muito melhor, fazendo só os retoques de 3 em 3 meses, é bem mais fácil e fica bem mais natural. É o que eu faço! Caso deseje pontas mais claras em um dos retoques pode pedir uma “californiana” ou ombre hair. Desse modo você fica com a raiz com as luzes e as pontas bem claras, que o ideal de quase toda loira (já notou que cabelo loiros naturais são mais escuros na raiz, com nuances mais iluminadas e pontas normalmente mais claras?).

Tintura super clareadora: Agora se você é daquelas que odeia o fundo escuro e quer ser loira total, ainda assim te recomendo ao menos uma boa sessão de luzes, vai ajudar bastante evitar o fundo alaranjado que a tintura costuma dar e você terá um tom de loiro mais natural, uma vez que as luzes ficarão mais platinadas. Eu recomendo uma tinta super clareadora de boa qualidade, profissional, eu já usei a Color Perfect da Wella no tom 12.89, mas já também já ouvi falar muito bem da Alfapharf 11.11. Ambas são super clareadoras e tons de loiros claríssimos. O final .1 e .11 é cinza e super cinza, já o .8 ou .89 é com pigmento violeta.

Para manter a saúde do cabelo e evitar danos irreversíveis espere algum tempo entre uma química e outra, sempre fazendo tratamentos em toda lavagem, em especial a reconstrução! E de preferência faça um teste de mecha, assim se não gostar é só não tingir o restante.

A água oxigenada ideal varia do tom do cabelo. Com tinta super clareadora são usadas ox de 30 e de 40, sempre da mesma marca. Eu faria o processo num bom salão, pra ter certeza que será usada uma boa tintura, ou levaria a minha. No salão eles entendem do tempo de abertura da cor do fio, como por exemplo, que a raiz tende abrir mais rápido e por isso deve ser aplicado nela por ultimo.

Mesmo assim tinturas não costumam dar o efeito platinado de uma descoloração. A menos que o cabelo já seja bem claro. Se você uqer platinar total tem que descolorir tudo, não tem jeito! E aí minha amiga, eu te recomendo com força que busque um ótimo, excelente, salão. De preferência com especialidade em loiras.

————————

Bom, como eu disse esse post foi  baseado na minha experiência e no que deu certo comigo! Eu parei de tingir há muito tempo, cansei da cor que nunca ficava boa e dos retoques quinzenais. Me sinto realizada com as luzes e quando quero mais loiro puxo algumas mechas a mais no comprimento. Sou loira de luzes há alguns anos e como comentei acima achei meu processo de ficar loira bem demorado, eu só atingi o tom beeeem loiro quando eu dei um basta e resolvi eu mesma descolorir meu cabelo (fazendo luzes). Não ficou perfeito, mas de lá pra cá as coisas melhoraram bastante. Veja o vídeo onde eu faço meu retoque aqui.

Abaixo a evolução das minhas luzes que estão em ordem cronológica: As 3 primeiras foram mais no início e as 3 ultimas foram as 3 mais recentes. (a de blusa verde fui eu que fiz rs)

luzesMinha trajetória de retoque de luzes

Veja aqui todos os meus retoques de luzes, produtos usados, e confira as fases que meu cabelo já passou.

Em seguida vou fazer um post sobre tratamentos, o que acham? Ser loira requer cuidados redobrados e pelo menos alguns produtos profissionais 😉

Se animou ficar loira ou desistiu de vez?

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos Por Bia Munstein

IMG_101987

Oi meninas!

Eu havia prometido a vocês que ensinaria como fazer uma escova modelada, quebrei a cabeça aqui em cada pensando numa forma que fosse fácil pra todo mundo e lembrei dos antigos -e ainda muito úteis- curl formes. Quem lembra? Ele também é conhecido como Magic Leverag e na minha visão são “rolinhos automáticos”, porque você não precisa ter a destreza de conseguir enrolar o cabelo num bob, ou mesmo fazendo “dedinho”. É só colocar o cabelo lá dentro que ele faz o trabalho sozinho.

Tem aqui no Ali Express o modelo igual o meu e aqui e o modelo que tem todos os rolinhos grandes.

Acho incrível de prático e só não uso mais porque não tenho paciência de ficar horas com ele no cabelo, ou mesmo dormir com cabelo assim, mas pra quem não gosta de torrar o cabelo no babyliss vale muito a pena ter o acessório (que é mega baratinho).

IMG_7777-horz IMG_101969 IMG_101971 IMG_101998

O jeito que eu ensino no vídeo é pra fazer uma escova modelada, não fica cachos, só umas leves ondas e as pontas emborcadas como veem nas fotos, mas para quem quer cachos também é super possível!

Dicas: Se o cabelo tiver a raiz lisa é só aplicar no cabelo molhado e esperar secar. Fica lindoooo! Agora se a raiz for crespa -e você quiser ela lisa- aplique um mousse de fixação no cabelo úmido, para a forma durar mais, seque fazendo escova e aplique o curl formes mecha a mecha coo fiz. Deixe assim por pelo menos duas horas antes de retirar. O mousse é opcional, e eu não usei porque queria só a escova modelada mesmo, mas é super válido para quem quer mais fixação e durabilidade na forma (cacheada, ondulada, depende do tanto que você soltar o cacho), afinal ele não tem calor, é o mesmo de um bobs comum. Veja aqui no blog uma vez que usei ele pra fazer cachos.

Gostaram? Achei um modo super prático de fazer essa escova modelada que fica tão linda e natural 🙂

Onde encontrar: tem aqui no Ali Express.

Agora confere o passo a passo no vídeo pra ficar com esse cabelo “cara de salão”:

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, nutrição, Produtos Testados Por Bia Munstein

Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscara

Bom dia, pessoal! (boa tarde pra quem só lê o blog de tarde)

A resenha de hoje foi super pedida! Trata-se da linha cavalo forte da Haskell e eu consegui a minha aqui na Época Cosméticos.

O shampoo vem com 300ml e custa 42 reais a máscara vem com 250gr pelo mesmo preço. A embalagem é bonita e bem resistente.

Veja descrição do fabricante:

Originalmente criado para fortalecer e dar brilho à crina e cauda dos cavalos, o shampoo para cavalos ganhou destaque pelo seu resultado, e passou a ser utilizado pelas mulheres. Posteriormente, estes produtos foram desenvolvidos para uso humano e se transformou no queridinho das mulheres, fazendo grande sucesso no exterior.A Haskell com seu pioneirismo inova mais uma vez e traz para o Brasil uma linha completa que proporciona aos cabelos força, brilho e crescimento.

Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscaralinha Cavalo Forte Haskell

Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscarashampoo cavalo forte haskell/ textura

Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscaramáscara cavalo forte haskell/ textura

Eu usei assim: lavei o cabelo duas vezes com o shampoo cavalo forte, retirei o excesso de água com as mãos, apliquei a máscara do meio para as pontas do cabelo, e passei somente as mãos sujas de produto na parte de cima, onde tenho umas mechas bem ressecadas. Deixei agir 5 minutos como recomenda o fabricante e enxaguei bem. Apliquei um leave in –liss Unlimited da Loreal– e sequei como de costume.

Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscara Resenha: Cavalo forte Haskell shampoo e máscaraResultado no cabelo/ cavalo forte Haskell

O que achei: começando pelo shampoo ele é douradinho e tem umas porpurininhas douradas também. É sem sal e por isso tem aquela textura geleinha que é chata de aplicar. Ideal para cabelos secos desde a raiz porque ele é bem hidratante e o meu cabelo voltou a ficar oleoso mais rápido do que de costume, ou seja, a lavagem é bem suave.

A máscara tem a textura mais mole, bem cremosa e desembaraça muitíssimo bem o cabelo, é bem emoliente. O cabelo secou muito macio -adorei a parte da maciez- muito hidratado e no dia seguinte estava ainda melhor. Porque como a linha é bem potente no dia seguinte o cabelo já havia absorvido o excesso. O único ponto negativo foi o cabelo ficar oleoso mais rápido, mas gostei bastante do resultado.

Ah uma coisa super legal que não poderia deixar de falar é que entre os princípios ativos da máscara está a biotina! Creio que por conta dela a proposta da linha seja fortalecimento e crescimento dos fios. Analisando os ingredientes logo no início vemos o óleo de girasol, de rícino, milho e de castanha do pará. Ou seja, repleta de óleos. Tem também pantenol e queratina hidrolizada. Como a queratina vem bem no finalzinho indica que a quantidade é pequena.

Por isso eu a definiria como nutritiva!

Onde encontrar: tem aqui na Época Cosméticos. O cupom do blog para 15%off na sessão cabelos está ativo novamente, vai até dia 30 (EUVOUDEROSA).

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"