Categorias: cabelos Por Bia Munstein

Olá, pessoal! Passaram bem o final de semana? Espero que sim 🙂

O post e vídeo de hoje estão muito especiais porque finalmente tomei coragem de cortar um bom pedaço do meu cabelo! \o/

Desde que fiz aquele corte paliativo, onde dei uma repicada por cima para tirar os quebrados que as pontas ralas estão me incomodando.

Aquele corte é bacana, já usei ele muitas vezes porque dá pra fazer em casa, porém ele não é indicado para quem está com pontas ralas/danificadas ou pra quem já tem pouco cabelo de natureza porque ele “desbasta” o cabelo, vamos dizer assim.

Então eu fiz o que já deveria ter feito desde aquela época: cortei as pontas sem salvação e foi até um pouco mais além porque queria deixar uma base reta!

Ficamos com um long LONG Bob! rs

Antes e depois do corte

 

Eu sempre gostei de cabelo longo e sempre queria mais e mais comprido -vide nossos anos e anos de projeto rapunzel- mas de um mês  e pouco pra cá começou me dar um comichão que há muito eu não sentia: cortar o cabelo!

Vocês não chegaram a conhecer essa fase minha, mas até meus 20 anos eu não parava com cabelo nenhum e sempre ouvia aquela frase: já mexeu nesse cabelo de novo? Porque realmente eu não parava de cortar, pintar e fazer de tudo pra mudar. Eu era constantemente insatisfeita, e isso não é bom! Mostra falta de aceitação consigo mesma.

Essa fase passou, veio o blog e eu comecei a cuidar do meu cabelo em vez de só ficar cortando e aplicando química. Passei a gostar mais dele e assim a necessidade de ficar mudando toda hora se foi (claro que foi resultado de um amadurecimento emocional também).

Mas confesso que parti para outro extremo: não querer mudar nunca!

Eu estava tão satisfeita com meu cabelo -guardadas as devidas proporções, rs- que eu só tinha vontade de tratar e manter, só isso.

Não posso dizer que me vejo livre desse apego, eu ainda prefiro meu cabelo longo e talvez eu sempre vá preferir, mas só o fato de não me dar mais pavor só de pensar em cortar o cabelo já é um avanço.

 

Pra vocês terem uma ideia era um terror tão grande cortar o cabelo que várias vezes eu sonhava que tinha cortado chanel e chorava de arrependimento no sonho. Acordar era sempre um alívio e reforçava a ideia que eu não deveria cortar.

 

Eu sei que muita gente vai achar que eu não cortei tanto assim ou que não deu tanta diferença -nem minha mãe achou, rs- mas foi um grande passo pra mim, acreditem! 😉

 

Por fim, espero que tenham gostado! 🙂

 

Ah, querem saber como cortei já que cortei em casa mesmo? Eu não gravei o corte, mas foi bem simples! Demonstrei no vídeo 😉

Caso não abra é só clicar aqui.

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Hidratação, Produtos Testados Por Bia Munstein

Fiquei um bom tempo namorando esse kit da Natuflora para resenhar, mas como nunca tinha usado nada da marca ia deixando pra depois.

Aí no dia que resolvi experimentar, primeiro procurei resenhas dele na internet e pra minha surpresa não achei nada! Achei super estranho porque vi que a marca existe desde 1982… Mas como li que a Natuflora fazia produtos mais naturais e na descrição dizia que os produtos tinham proteção solar, aminoácidos, etc, achei que valia a pena!

Vou contar o que achei no post de hoje!

 

Resenha: shampoo e condicionador Natuflora para cabelos coloridos.

 

Tem aqui na Época Cosméticos por cerca de 22 reais cada. Vem com 250ml

 

Veja descrição do fabricante:

Preparado com peptídeos e aminoácidos biofuncionais, proteína hidrolisada de arroz e D-Pantenol (Pró Vitamina B5). A linha Cabelos Coloridos da Natuflora foi especialmente desenvolvida para cuidar dos cabelos danificados pelas tinturas e químicas, recuperando os fios, melhorando a elasticidade, brilho e maciez. O filtro solar ajuda a prevenir os efeitos danosos dos raios solares, prolongando o tempo da coloração.

Eu usei assim: lavei o cabelo duas vezes com shampoo, retirei o excesso de água apertando com as mãos e apliquei o condicionador em todo cabelo. Deixei agindo enquanto tomava meu banho (uns 5 minutos) e enxaguei. Sequei como de costume.

foto de celular! Sorry 🙁

O que eu achei: primeiro preciso falar que gostei muito da composição dos produtos! Como falei tem aminoácidos, peptídeos, proteína hidrolisada de arroz (nunca tinha usado), D-Pantenol e ainda proteção solar. Muito bacana, né?

A linha ainda é sem sulfato, sem parabenos, sem sal e não testada em animais!

Eu achei as embalagens meios simples, mas os produtos custam barato, então não dá pra exigir tanto! Nota-se que eles se preocuparam em gastar mais com os ativos e no fim isso é o mais importante.

O cheiro da linha é bem de limpeza. O shampoo não é super perfumado, é cheiro de banho, cheiro de pessoa limpa, rs! Só o condicionador que é mais docinho.

O shampoo apesar de sem sal e sem sulfato tem uma textura boa e faz bastante espuma, mas como costuma acontecer com todo shampoo sem sulfato que testo, ele não é  hidratante. Não resseca super, mas também não hidrata! De bom é que ele deixou a raiz brilhando e soltinha.

Em tempo: no site da Época Cosméticos ele está descrito como “shampoo alisante”, mas na embalagem não fala absolutamente nada sobre isso, então acho que foi erro da loja. Vou até avisá-los.

O condicionador não é muito grosso nem muito emoliente, então no meu cabelo que é ressecado ele entregou pouca hidratação. Até o meio ficou bom -soltinho, sedoso- mas minhas pontas tristes ficaram carentes (quem me segue nas redes sociais já sabe que minhas pontas tristes foram embora. Vou fazer post e vídeo sobre isso na segunda).

Em resumo achei a proposta mais natural da marca e a riqueza de ativos muito bacana! Além do preço ser muito bom também, mas essa linha foi leve demais para um cabelo ressecado como o meu…  Ao meu ver uma linha para cabelos coloridos devia ser mais “pesada” na hidratação (ter mais óleos e mais ingredientes emolientes), mas essa eu recomendo para fios mais normais porque vai proteger a cor -achei bárbaro ter filtro solar- e vai deixar o cabelo sem peso, soltinho, com brilho e sedoso.

 

Alguém mais já usou algum produto deles pra dizer se são todos leves assim?

 

Onde encontrar: tem aqui na Época cosméticos.

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Leave in, Produtos Testados Por Bia Munstein

Semana passada eu fiz resenha do novo Cicatri Renov da Elseve a agora aproveitei que tenho os dois (cicatri creme e cicatri Renov) para compará-los!

Os dois são leave ins, finalizadores, sem enxágue e fazem parte da linha Reparação total 5, então qual seria a diferença entre eles?

Eu também tive essa dúvida e vai ser o que vamos descobrir no post e vídeo e hoje!

Resenha: Cicatri Renov Elseve Loreal

Pra começar a diferença já vem logo no tamanho! O Cicatri creme é uma bisnaga com 100ml e o Cicatri Renov é o irmão menor, com apenas 50ml.

O Cicatri Renov também vem numa embalagem mais bacaninha, uma caixinha metalizada.

Mas e o produto em si? Qual serve para que?

Eu também fiquei confusa com a serventia de cada um e então comecei lendo as promessas e especificações. Basicamente o que percebi é que ambos prometem selagem, proteção da fibra, 10x menos quebra, mas o creme não tem proteção térmica, enquanto o Renov tem! Isso para mim é fator decisivo porque faço escova.

Além disso o Renov parecia mais completo, oferecendo 10 benefícios, enquanto o creme prometia apenas 5. Mas nós sabemos que isso é mais marketing do que qualquer outra coisa, então fui conferir na prática o que cada um entregava.

O Cicatri creme é um leave in normal, para aplicar no cabelo úmido e deixar secar natural. Tem bom poder de hidratação, desembaraço e deixa o cabelo razoavelmente macio depois de seco. Nada demais, nem de menos.

 

Descrição:

O Cicatri Creme Elseve Reparação Total 5+ da L’Oréal Paris é uma fórmula poderosa altamente concentrada que se funde com a fórmula do condicionador para potencializá-la, revelando toda sua força. Esse é o último passo do tratamento da linha Elseve Reparação Total 5+.

 

O Cicatri Renov é um creme siliconado e com isso quero dizer que é um creme que “some” quando aplica no cabelo, podendo ser usado no cabelo úmido e seco que não vai desmanchar a escova ou chapinha. Ele não molha o cabelo.

É como se fosse um reparador de pontas em creme, sabe? Até o tamanho dele sugere isso. Mas ele pode ser aplicado no cabelo todo.

Descrição:

O 1º leave-in que trata seus cabelos na hora! O Cicatri Renov de L’Oréal Paris é o verdadeiro produto 10 em 1, Ele repara os fios de forma instantânea, sela as pontas, proporciona mais brilho e maciez, desembaraça imediatamente. Tratamento instantâneo sem enxague , que continua agindo ao longo do dia. E além disso, possui um toque deslizante, deixa os cabelos mais fortes, evitando que quebrem facilmente, é anti-frizz, anti-umidade e um grande protetor térmico. O poder reparador de 10 ampolas em um só produto.

 

Eu gostei bem mais do Cicatri Renov, e o Cicatri Creme só ganha no cheiro que é um pouco melhor e na quantidade.

Caso você não faça questão da proteção térmica pode usá-los em conjunto, como fiz no vídeo: Aplica o creme no cabelo úmido e o Renov no cabelo já seco para finalizar e assentar pontas e arrepiados.

 

Sobre os preços Cicatri Renov custa em torno de 13 reais e tem online aqui na Época Cosméticos, e o Cicatri creme em torno de 15 reais (tem aqui).

 

Agora confiram o vídeo onde falo mais sobre cada um e mostro a diferença que o Cicatri Renov dá nas pontas (caso o player não abra clique aqui):

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Produtos Testados Por Bia Munstein

Testei o shampoo e o condicionador da linha Minha Lola Minha vida e hoje vou contar pra vocês o que achei! 🙂 Como de costume temos a resenha em texto e fotos e também a resenha no vídeo, no final do post, pra quem prefere ver tudo em movimento.

Espero que gostem!

Meu kit é aqui da Época Cosméticos. Tanto o shampoo como o condicionador vem com 500ml e custam cerca de 22 reais cada.

minha Lola minha vida shampoo

minha Lola minha vida condicionador 

Ingredientes: shampoo e condicionador

A linha contém alguns ótimos ativos, como:
• Água de Coco
• Extrato de Aloe Vera
• Óleo de Abacate
• Óleo de Coco

Também é livre de:
• Glúten
• Sulfatos
• Corantes Sintéticos
• Ftalatos
• OGMs
• Silicone Insolúvel
• Cloreto de Sódio
• Parabenos
• Óleo Mineral
• Parafina
• Derivados de Animais

Resultado nos fios logo após o uso*

 

O que eu achei: A linha diz que é indicada para todo tipo de cabelo, mas na minha opinião, funciona melhor em fios de normais a secos. Oleosos ou ressecados não terá a potência necessária.

O cheiro da linha é levemente cítrico, mas não é uma fragrância marcante. Segue a proposta mais neutra da linha.

O shampoo é bem suave como a marca afirma e lava bem o cabelo sem ressecar. Ele não faz muita espuma.

O condicionador não é super emoliente, o que é característico de produtos sem silicones e mais naturais, mas fiz uma hidratação balanceada e sem peso. Da raiz ao meio foi ótimo pro meu cabelo, mas senti falta de mais hidratação nas pontas. Por isso eu disse que não seria o mais indicado para fios ressecados.

Ah, linhas sem silicones, petrolatos e parabenos, como é o caso dos produtos Lola, tendem a demorar mais para penetrar nos fios, então é muito importante deixar agindo mais tempo que um condicionador comum. Eu deixei 5 minutos.

Resumindo é uma linha para uso diário, leve e bem neutra. A proposta de serem produtos mais acessíveis (para a crise rs), é cumprida se compararmos o preço e a quantidade em relação aos demais produtos da marca.

 

*eu fiz chapinha na raiz porque ia sair, por isso o cabelo está mais baixinho.

 

Onde encontrar: o shampoo tem aqui e o condicionador aqui.

Abaixo o vídeo resenha (caso não abra clique aqui):

Meu tipo de cabelo: seco com pontas ressecadas. Descolorido/com luzes e lavado/escovado duas vezes na semana. 

 

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"