Categorias: Eu, off-topic Por Bia Munstein

Dizem que um dos parâmetros de beleza é ter simetria facial. Pra começar não existe ninguém que tenha os dois lados do rosto exatamente iguais, sempre um lado vai ser um pouco diferente do outro.
Mas quando maior essa diferença menos harmonioso será esse rosto, e consequentemente menos bonito, agradável de ser ver.
Eu sempre notei que tinha uma parte do rosto mais arredondada que a outra, e isso me incomoda um pouco, tanto que sempre prefiro as fotos mais de perfil para dar uma disfarçada.
Existem várias formas complexas de se medir a simetria de um rosto, mas hoje eu vou te mostrar uma bem fácil!
Vamos brincar?
tire uma foto o mais de frente possível e bem retinha, como se fosse um retrato 3×4.
Depois utilize essa ferramenta bem fácil e ria (mas ria muuuito) com o resultado!



Sabe o que isso mostra? que eu não tenho vergonha na cara! fora isso… que simetria pode não ser uma boa! o/
Cada um com a sua beleza natural e nada de neuras!
E de quebra ainda descobri que sou vesga! hahahaha

Agora uma dica séria: mastigar a comida só de um lado pode piorar  muito a assimetria de um rosto!
Eu por exemplo, desenvolvi a mania de mastigar de um lado só, não sei porque. Aí recentemente descobri que o lado que eu mastigo é bem mais liso e tonificado do que o lado que não uso.
Repare: o lado da pintinha na bochecha (esquerdo) é o lado que eu mastigo, veja como é mais lisinho?
O lado direito é lado que não mastigo, veja como o olho é mais baixo e apresenta um pouco de flacidez na bochecha.
Agora eu estou me policiando a mastigar do outro lado, sei que não vai igualar, mas pelo menos pra tonificar os músculos desse lado. É super difícil porque o cérebro já está treinado, mas eu estou me esforçando.
Portanto a dica que eu tenho é: mastigue corretamente!
Agora me mostra a sua!!!!

Artigos Relacionados

Categorias: Eu, off-topic, Roupinhas Por Bia Munstein

Esse fim de semana eu fui magrinha (cof, cof) madrinha do casamento de um casal de amigos. Como eu ando sem grana pra comprar vestidos caríssimos usei um que já tinha usado a dois anos atrás no casamento de outro casal de amigos e me custou 200 e lá vai fumaça, ou seja, não pode ficar parado!rs

Eu não consegui tirar muitas fotos em casa porque fui meio corrido…

Mas aproveito pra dar uma dica de como usar a echarpe que normalmente vem nesses vestidos. Tem vários jeitos de usar, dessa vez eu fiz como se fossem manguinhas:

page

 

As fotos ficaram péssimas, eu sei.. prometo melhorar em breve! Vou comprar outra câmera.

O vestido era longo, justo e um tom de uva bem bonito. Fiz uma maquiagem bem neutra porque eu não queria chegar chegando, sabe? O vestido justo e cabeleira loira já chama atenção suficiente, e em casamento quem tem que abafar é a noiva, concordam?

Casamento hoje em dia dá até tristeza, todas as madrinhas querendo brilhar mais do que a pobre da noiva que vai ter seu dia único na vida…. Da licença pra ela gente, um dia todas terão sua vez de brilhar (ou não!)

Cabelo: Eu ia fazer uns cachos e depois soltar com os dedos, a lá Gisele, mas eu tenho muita dó de ficar queimando meus cabelinho já sofridos com babyliss, então Sorry decepcionar, mais como eu não gosto muito de prender eu fui com cabelão assim mesmo!

Aliás preciso contar pra vocês sobre um produto baphão  que eu testei!!! Vou fazer resenha detalhadinha, mas veio da Feelunique. Perfeito!

SAM_0070

Artigos Relacionados

Categorias: Eu, off-topic Por Bia Munstein

Bia, porque você criou o blog?

 

Essa é uma postagem clássica que há muito já deveria ter saído. Não o fiz antes porque não gosto -ou não sei- falar de mim. Não gosto daquela coisa de definição. Sou quem sou, as vezes sou igual e as vezes diferente. Todos são assim. Ninguém é de todo bom ou de todo ruim.

…Mas respondendo a pergunta:

 

Criei o blog porque gosto de falar do meu cabelo, do trabalho que eles me dão, gosto de falar sobre as coisas que aprendi e aprendo no meu dia dia e com isso ajudar as pessoas.

Simples assim.

Pode parecer demagogia pra quem não vive isso, mas ajudar faz mais bem pra mim do que pra quem eu estou ajudando ou auxiliando. Faz me sentir útil e isso faz com que eu me sinta bem. Faz sentir que eu não somente existo, eu faço parte.

Quem me conhece, digo me conhece de verdade, sem pré-conceitos ou pré-julgamentos, e me permite mostrar quem eu realmente sou, sabe que gosto de ser útil e gosto de ajudar aos outros. Não tenho má vontade. Me pediu, eu posso fazer, eu faço. (ta bem, quando era adolescente eu não era assim! rs me pediu pra fazer aí que eu não fazia!)

E sou assim em casa com meu marido, na rua com quem me respeita, no blog, em todo lugar. Claro que nem sempre a recíproca é verdadeira, na maioria das vezes não é. Aliás quer um conselho? Não espere muito das pessoas, assim o que vier é lucro e não fica a decepção. eu preciso aprender isso.

O blog é pra mim meu mundinho perfeito, aqui eu falo o que quero, escrevo sobre o que eu gosto, faço amizades, conheço gente nova…

Aqui eu só me preocupo com uma coisa: Meu leitor.

Porque? Porque você lê o que eu escrevo, analisa, comenta, me segue, me acompanha, isso tudo só me conhecendo pelo que vê pela tela. Não pelo que eu uso, pelo que eu visto, pelo que eu tenho ou deixo de ter, ou pelo que os outros falam…

Por isso eu fiz o blog! Pra você me dar a chance de melhorar meus dias e tentar melhorar os seus.

É claro que tem as cobranças, os chatos, os implicantes, os de mal com o mundo, mas isso tudo faz parte!

Nada que diminua meu prazer em blogar. 😉

Outro dia eu explico porque “Eu vou de Rosa

Artigos Relacionados

Categorias: Eu, off-topic Por Bia Munstein

Nesse sábado eu o Luciano fomos para Itaipava comemorar meu aniversário atrasado. (como eu estava com visita na semana passada ele não pode me levar pra sair)
Passamos uma tarde muito agradável, estava um sol lindo! Almoçamos no  Luka’s e depois fomos para a feirinha de roupas.
Itaipava é um lugar muito agradável de se passear e é sempre preferência dos turistas que vem a Petrópolis. Pra quem não sabe Itaipava é distrito de Petrópolis, embora muita gente ache que é cidade.

A feirinha estava meio vazia, apesar do feriado, mas eu prefiro assim. Só que não agradei de nada e sai de lá com as mãos vazia como cheguei. mentira, saí comendo um milho verde! E ainda tomei sorvete e água de côco. Queria comprar uma saia jeans mas não havia um Box que tivesse! Fiquei impressionada…

Pra quem quiser vir a Petrópolis comprar roupa barata eu recomendo bem mais a rua Teresa. Apesar de ser mais cansativo andar aquela rua enorme, entrar em todas as lojas, o preço e a variedade compensa! Mas é claro que se você já estiver aqui a feirinha também vale uma visitinha.

Voltei pra casa morta de cansada mas valeu a pena!

E vocês, como foram de finde? Estão emendando o feriado?

Eu não vou emendar e nem o blog! Vai ter postagem normalmente, não me deixem aqui sozinha! rs

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"