Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Finalmente depois de muito ensaio e tratamento, no ar meu último retoque de luzes! \o/

Quem segue no Instagram já sabia porque postei foto da peruca loira que ganhei fingindo ser meu cabelo e logo depois da “comoção” postei a foto do retoque dizendo que sim, descolorimos!, porém no mucho. 😉

Aqui meu Instagram/euvouderosa caso você ainda não me siga!

Agora que já te encorajei a me seguir também fora do blog (rs) vamos ao meu tão esperado, amado e desejado retoque (pelo menos por mim hehe)!

 

Eu gravei o passo a passo do procedimento, de modo despretencioso, porque da última vez que foquei muito na gravação eu acabei fazendo caca no cabelo. Então dessa vez não teve preparação, eu só liguei a câmera e fui gravando que estava fazendo.

 

Gente, é tenso demais! Não vou mentir… mesmo com uma certa experiência eu ainda acho um processo muito arriscado de fazer em casa.

Abaixo vou deixar os produtos que usei no dia, começando pelos usados na descoloração em si:

1-Comecei aplicando esse spray protetor pré-luzes, que foi indicação de uma leitora, e ainda vou fazer resenha dele (mas já adianto que gostei).

2- meu descolorante e ox de 30 de sempre! Premiun lift Blonde me da Schwarzkopf.

 

Agora os produtos de cor e tratamento:

1-primeiro usei o shampoo Silver da Loreal para matizar

2-para retirar a touca eu usei esse acidificante da K.Pro para selar as cutículas e também ajudar a sair.

3-na hora do tratamento reconstrutor escolhi a máscara Blonde Me que faz parzinho com o descolorante, e como eu achei que algumas partes ainda estava amarelas eu misturei um pouco dessa máscara matizadora da Tec Italy.

4-Por fim, na secagem, pra potencializar a reconstrução eu fiz uma espécie de cauterização com essa queratina em gel da Charis que é ótima! (não foi bem cauterização porque não usei chapinha)

 

No vídeo eu usei esse óleo da linha Oil Miracle Barbary Fig que esqueci de incluir na foto.

 

E esse foi o resultado final do retoque das luzes:

Gostaram? Eu amei!

 

Agora vamos ver o vídeo com todo o passo a passo (clique aqui caso ele não abra):

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Oi pessoal! Quem me segue nas redes sociais já sabe que retoquei minhas luzes há quase 15 dias, mas como o conteúdo aqui pro blog, e principalmente para o canal do Youtube, dependem de edição só hoje estou conseguindo contar a novidade pra vocês.

La no Insta e no Facebook sempre acabo mostrando tudo em tempo real, então se você gosta de ficar “por dentro do meu cabelo” -rs- me segue lá!

 

Sem mais delongas como vocês sabem depois daquele probleminha com minha franja, que resultou em uma Bia quase morena, eu prometi que ia esperar uns dias antes de retocar novamente. Fiz vários tratamentos reconstrutores até me sentir segura para descolorir de novo. E eu não estava aguentando mais aquele cabelo, confesso!

Pra atualizar quem perdeu a novelinha mexicana:

  • Eu fiz um retoque contour há um mês e meio atrás (post aqui)
  • Depois estraguei tudo tentando esfumar a raiz e ~meio~ que consertei a caca (post aqui)
  • Aí fiz um reconstrução ácida entre outros tratamentos para reconstruir os fios e preparar para o novo retoque  (post aqui)

 

Mas agora estou assim! E como diria Roberto: Eu volteeeeei! \o/

Dessa vez optei fazer o retoque no salão -porque será, né? rs- e o resultado ficou até muito bom se levarmos em consideração tudo que se passou. Fizemos as luzes no papel!

sonho aprender fazer esses coquinhos perfeitos <3Antes e depois da raiz! Ta amarelão, mas logo não estará mais 😉

Por causa do tonalizante escuro e por conta de não ter podido deixar o descolorante abrir tanto quanto eu gosto por precaução, o cabelo está com umas partes bem amarelas, mas isso eu pretendo resolver essa semana ainda! Nosso primeiro “diário do cabelo descolorido” vai ser sobre matização.  Aguardem! 😉

Atendendo a pedidos, gravei o precedimento no salão, então recomendo que vocês assistam pra acompanhar tudo como foi feito -e também porque foi um dos vídeos mais difíceis de gravar e editar da minha vida rs! Assistam, porfa!! rs- .

Deixo abaixo os produtos usados com links das respectivas lojas de onde vieram:

1-Descolorante e ox de 30 Blonde Me Swcharzkopf;

2-Máscara de tratamento Penetraitt Sebastian;

3-Protetor térmico e leave in Taming Elixir;

Agora confere o vídeo com a “transformação”:

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

img_0632

Quem me segue nas redes sociais já sabia, mas pra quem só me acompanha aqui pelo blog aí vai: retocamos as luzes!

Aproveitando o gancho -que criei propositalmente, rs- me segue lá:

Ainda pelas redes sociais comentei com as meninas que queria retocar o cabelo bem pouco, porque como todo mundo tem notado e me jogado na cara meu cabelo não anda lá grandes coisas! hehe Vez ou outra meu cabelo fica assim e creio que acontece com vocês também. Do nada ele perde a “vontade de viver”, fica opaco, quebradiço, etc…

Também não é pra menos, mesmo tratando MUITO ele sofre com as constante escovas e descolorações.

Então eu tinha duas opções: retocar só o topo ou me aventurar na técnica contour. Pelo título do post vocês já sabem qual escolhi. 😉

Vem conferir:

img_0593-horzimg_0596-horzAntes e depois da técnica contour 

Deu uma iluminada boa, né?

Eu sinto vergonha de chamar isso de “técnica” porque de técnica não tive nada! Foi um desespero como sempre que invento de fazer descoloração no meu cabelo sozinha. rs Gente, não nasci pra isso! A vista chega ficar embaçada de nervoso.. meu negócio e tratamento mesmo! rs

img_6149-horz

Como eu fiz: a ideia do contour é somente contornar o rosto com a descoloração, só na frente e laterais mesmo. Várias leitoras já haviam me sugerido fazer isso aqui no blog.

-O que eu fiz foi pegar uma mecha de cada lado na nuca, uma mecha em cada lateral -próximas ao rosto- e uma mecha na franja. Cada mecha teve uma camada de cabelo na frente, para dar naturalidade e não ficar marcado. Tipo um véu de cabelo. As mechas da nuca e das laterais foram feitas na diagonal. Todas com distancia da raiz pra evitar manchas! 

-Essas mechas tiveram a largura de uns 4 dedos e dois dedos de espessura, isso porque cada uma seria descolorida em duas sessões, ou seja, em cada mecha dessa foram feitas duas sessões de luzes. Fiz no papel, mechas grossas -o que resultou em duas costuras só, com o meio sem aplicar descolorante-.

Fiz a mistura de 1:2 (uma medida de descolorante para duas de ox) e deixei agindo por 50 minutos. O descolorante que usei foi o Blonde Me da Scharzkopf e a ox de 30 da mesma linha.

img_0624 img_0620 img_0637-horzimg_0632

O que eu achei: pra começar vou falar porque não retoquei o topo como já fiz tantas vezes… meu cabelo esta muito quebrado justamente na parte de cima, onde o cabelo é mais retocado, seja fazendo o cabelo todo, seja fazendo só o topo. Então como era justamente essa parte que eu queria preservar fazer só o topo não era uma boa ideia.

Fazer a técnica contour é bacana porque o rosto fica iluminado e quem te vê de frente não tem a impressão daquele cabelo precisando de retoque que fica quando você esta há muito tempo sem retocar as luzes, mas claro que ele também tem suas desvantagens! Quando a gente abaixa a cabeça a “coroa” está lá toda escura e só aquela mecha na frente, bem ao estilo Vampira do X-Man. Aí vale cada um pesar os prós e os contras…

Manchas e marcas: como eu puxei mechas grossas inevitavelmente aconteceu de dar aquela marca na raiz, super dourada, sabe? Observe as fotos que dá pra ver bem. Quem é loira percebe na hora, rs. (mas a mecha véu na frente, ajuda muito a disfarçar! Sempre faça essa mecha!)

Como esta me incomodando muito e vou dar uma esfumada com tonalizante (assunto para um próximo post).

Manchar só manchou na nuca porque a mecha ficou muito grossa e o descolorante não penetrou bem no meio -eu estava apoiando na plaquete-. Então já sabe: aplique o descolorante dos dois lados!

Apesar de tudo até que gostei bastante do resultado e pretendo ficar assim por pelo menos mais uns 3 meses, dando o maior descanso possível para as partes mais danificadas. Essa semana ainda vou fazer post com o tratamento que fiz no dia. (Já fiz! Clique aqui para ver.)

Fazer descoloração em casa não é uma coisa que eu recomende caso você não tenha experiência! Parece fácil, mas é estressante, principalmente próximo a raiz! Gostou de ideia de fazer só o contorno? Procure um salão e peça a técnica! É mais seguro 😉

Onde encontrar os produtos: O descolorante e a ox  Blonde Me tem aqui na Ilha da Beleza.  O meu descolorante é o premiun lift, que abre até 9 tons, e a ox é de 30. São meus preferidos da vida! A loja me deu um cupom de desconto pra quem quiser comprar: EUVOUDEROSA  para 5% off.

Confira a resenha em vídeo se preferir:

Ps: essas fotos do cabelo foram as primeiras com a lente nova. Ficou melhor?

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

IMG_0107

Luzes retocadas!

Desde aquele último incidente que tive com meu cabelo, onde sofri algumas manchas durante o retoque e precisei descolorir o cabelo duas vezes num intervalo de um dia, que quis esperar bastante pra retocar novamente.

Mas aí que 4 meses se passaram e eu não estava aguentando mais aquela estrada de 4 dedos de cabelo escuro passando na minha cabeça e resolvi que era hora de retocar, mesmo que fosse algo bem sutil. Então veio a dúvida: fazer em casa na touca, ou no salão no papel?

Escolhi fazer em casa dessa vez porque queria fazer minha baguncinha de sempre, clarear mais umas partes do que outras e isso na touca acaba sendo mais fácil.

Como a parte de trás do cabelo tinha sido tingida de castanho da última vez pra cobrir as manchas, essa área estava bem escura e precisando descolorir mais. Já na parte de cima do cabelo os fios já estavam bem loiros e também muito sensibilizados.

IMG_9382

Produto usados, na ordem de utilização:

  1. Descolorante Blonde Me Premiun Lift que abre até 9 tons (tem aqui)
  2. Água oxigenada de 30 da mesma linha (tem aqui)
  3. Shampoo pH acid balance blonde Me (tem aqui, ainda vou fazer resenha dele, mas gostei muito)
  4. Shampoo Grey Loreal usado na matização por 10 minutos (tem aqui)
  5. Penetraitt Sebastian para reconstruir os fios (tem aqui)

Pois bem, touca na cabeça começamos a puxar os tufos (meu marido sempre me ajuda). Na parte de cima eu puxei mechas finíssimas porque só queria disfarçar aquela raiz pretona, e na parte de trás puxamos mechas grossas pra descolorir bem (cuidando para que a primeira camada do cabelo, o topo, ficasse todo igual, então puxei mechas finas nessa parte também, fazendo todo topo do cabelo com mechas finas).

Apliquei o descolorante até metade do cabelo, pra não dar aquela divisão, e deixei agindo por 30 minutos. Aí puxei até as pontas que estavam muito amarelas e oxidadas e deixei mais 30 minutos (menos do que isso minhas pontas não abrem, infelizmente).

No total fiquei 1 hora com descolorante nos fios e apesar do dia estar mega frio eu achei que abriu bem. A Swcharzkopf não recomenda, mas sempre coloco papel alumínio pra ajudar clarear mais rápido, ainda mais num dia tão frio.

A mistura eu sempre faço na proporção 1:1,5 (uma medida de descolorante para 1 e meia de ox), mas dessa vez acho que deveria ter enchido mais a medida de descolorante porque ficou mais mole que de costume (na foto está com a textura ideal).

IMG_0080-horz IMG_0099-horzE ficou assim…

Resultado final: cumpri meu objetivo que era disfarçar a raiz, mas confesso que não foi meu retoque preferido… Como eu puxei tufos muito fininhos em cima o cabelo ficou meio “frizado” nessa parte, sei que com os tratamentos vai melhorar, mas está me incomodando. Outra coisa que aconteceu por conta disso foi o descolorante ter vazado um tico em algumas partes nessa área, manchando levemente algumas mechas. Aqui a dica e anotação mental é fazer a mistura um pouco mais grossa e tentar não apertar a touca enquanto o descolorante age 🙁 mas felizmente foi no meio da cabeça e como só uso o cabelo de lado não se nota. Se me incomodar é só “pingar” um tonalizante loiro escuro na manchinha, mas quero evitar fazer isso porque na descoloração seguinte a cor costuma ficar meio alaranjada nessa parte com tonalizante.

Sobre a saúde do cabelo algumas mechas ficaram levemente elásticas (como de costume hehe), mas não foram danos graves.

Novamente, entre mortos e feridos salvaram-se todos, rs!

Pra quem ainda não viu esse vídeo ~tenso~ onde eu mostro um dos meus primeiros retoques em casa, pega a pipoca e vem se divertir com o desespero da pessoa (não sei como meu cabelo não caiu nesse dia hahaha):

Agora segura na minha mão e vem tratar esse cabelo!

(amores meus, estou em Tiradentes-MG tirando uma folguinha! Teremos posts normalmente, mas se quiser pode me acompanhar de pertinho no meu Instagram @euvouderosa ou aqui no Facebook)

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"