Categorias: off-topic Por Bia Munstein

IMG_102074

Vocês já estão cansadas de ver fotos de closes do meus olhos e portanto sabem que cílios longos e fartos não são meu forte… Além de muito fininhos eles ainda tem as pontas claras, o que dá a impressão de serem poucos e curtos. Por isso uma coisa que sempre tive curiosidade foi sobre a extensão de cílios.

Pra quem não conhece é uma técnica onde os fios são colados um a um na raiz dos cílios de modo que parecem o mais natural possível. Proporcionando alongamento e volume, de acordo com os gosto da cliente.

Extensão de cílios é uma coisa muito usada pelas famosas para não serem pegas de surpresa na rua (aquela cara de cansada, sabe? só os cílios grandes por si só já dão um up no visu). Algumas adeptas são  Aryane Steinkopf, Fernanda Paes Leme e Gabriela Pugliese.

Bom como sempre tive vontade de testar -mas um pouco de preguiça de correr atrás pra ver onde fazia- assim que fiquei sabendo do trabalho do salão Werner aqui de Petrópolis através do Instagram deles resolvi ir até lá experimentar.

Fiz com a profissional Jei Jei que é especialista no procedimento. Como sei que existem muitas dúvidas sobre o procedimento -como é, quanto tempo dura, se não tem perigo de colar os olhos rs- aproveitei o momento e enchi ela de perguntas. Então ela me explicou algumas coisas que vou passar pra vocês, mas antes vamos as fotos:

IMG_0022-(2)cílios aplicados um a um, em diferentes tamanhos

extensão de cílios fio a fio antes e depois Close antes e depoisextensão de cílios fio a fio antes e depoisExtensão de cílios fio a fio- antes e depois

Por menores sobre a colocação: O tempo para aplicar os cílios, fio a fio, é demorado! São colocados até 300 fios e e por isso demora em média 1 hora e meia os dois olhos. Segundo a profissional os cílios duram de 20 até 45 dias, mas para isso é preciso utilizar uma cola importada que aumenta muito a durabilidade. Ainda sobre a cola para não haver riscos de acidentes os cílios de baixo são protegidos por um micropore (veja aqui no meu insta), evitando que encostem nos de cima. Olhos fechado 90% do tempo.

O cuidado da cliente, depois da cola, é o mais importante! É bom evitar ficar esfregando o olho, ter cuidado na hora de remover a maquiagem e de preferência não usar rímel! Eu achei essa parte fácil: você escolhe uma quantidade de volume que não tenha necessidade de aplicar máscara e pronto.

Na hora de remover nada de arrancar os cílios em casa pois pode danificar seus cílios naturais! Volte no salão e em 5 minutos a profissional remove gratuitamente com removedor próprio para isso.

extensão de cílios fio a fio -eu fiz!olhando de cima: cadê a cola?? Muito natural!extensão de cílios fio a fio -eu fiz!efeito com uma make básica 

O que eu achei do procedimento: fiquei apaixonada pelo efeito natural! Pessoalmente nem parece que não são meus cílios. Não sei se tenho intenção de fazer todo mês porque não é barato, mas certamente quando sair vou sentir muita falta, rs.

Uma coisa que me intrigava muito era se eu ia sentir algum incômodo, como se estivesse de cílios postiços, depois da colocação. Sendo muito sincera é como se não tivesse nada nos olhos na maioria do tempo! Não sinto peso, não “enxergo” os cílios, nada mesmo. Só senti que eles estavam lá para dormir nos 3 primeiros dias porque durmo de máscara por causa da claridade do quarto e ela esbarrando neles fazia pinicar a raiz, mas agora já aprendi deixá-la mais soltinha e parou de acontecer.

Para lavar o rosto também tem uma técnica: não pode sair esfregando a cara toda porque incomoda! Tem que lavar a parte inferior dos olhos, depois a superior, sem esfregar os cílios.

Fiz já tem uma semana, estou tendo cuidados normais, nada que me atrapalhe a até agora está tudo perfeito 🙂 Depois vou editar o post dizendo quanto tempo durou, ok?

Agora a pergunta que não quer calar…

Quanto custa fazer extensão de cílios? o que eu fiz foi o fio a fio, o valor é 150 reais. Tem também a opção de tufos que custa 125, mas pela diferença de preço o fio a fio é muito mais natural e compensa muito mais. Ela também me falou que caso caia algum fio antes de 10 dias ela recoloca sem cobrar nada! (15 dias 50% do valor e 30 dias o valor é cheio). Fiz no salão Werner aqui de Petrópolis (24) 2247-3460 e whats: (24) 98156-2694.

 

Gostaram? Amo fazer uns posts assim diferente para vocês <3

EDITADO: meninas, removi os cílios com 15 dias! Eles ainda estavam em bom estado, poderia ter durado bem mais, porém o pequeno incômodo que ele causa no dia a dia começa e incomodar depois de um tempo, sabe? O incômodo é bem pequeno, do tipo não poder esfregar o olho quando quer, ter que tomar cuidado em lavar o rosto em vez da sair esfregando tudo normalmente, etc… as coisas que falei no post! Mas como é uma coisa diária, com 15 dias eu já estava bem enjoada.

Mas valeu a experiência!

Artigos Relacionados

Categorias: off-topic Por Bia Munstein

IMG_9563

Oi amores! Quem gosta de post sobre tecnologia?

Postei esse vídeo comparando meus iPhones no Youtube um tempo atrás e nossa, como eu fui xingada… Mas como eu disse desde o primeiro minuto de vídeo minha intenção não era fazer uma comparação muito minuciosa -e chata- sobre os aparelhos e sim comparar o que eu uso no celular. A saber: câmera e internet! rs se eles fossem mudos provavelmente eu nunca saberia rs Mentira, eu falo nele uns 5 minutos por mês!

IMG_7828 IMG_7829costas e Telas minha película tem glitter rs abapha

Enfim, conversa fiada a parte eu poderia -e vou- colocar aqui um comparativo sobre a parte tecnológica do celular, do tipo de processador, etc, mas o que vou me ater serão as coisas que mais uso.

Bora?

Comparativo técnico iPhone 6 plus vs iPhone 6s plus:

iphone

Mas porque eu troquei o 6 plus pelo 6s plus? por causa da câmera! Somente isso. Eu sou blogueira, faço foto o tempo todo e a câmera de selfie do iPhone 6 plus é uma vergonha! Shame on you, Apple! E essa é a câmera que eu mais uso. Seja para selfies do Instagram, Facebook ou para os vídeos do snap, eu não consigo usar a câmera de trás. (que alias eu uso bastante também, mas para fotografar coisinhas para as redes sociais).

A câmera frontal/ de selfie do iPhone 6 plus, assim como todas as versões anteriores de iPhone, é de míseros 1,2 megapixels! Todo mundo careca de saber que megapixels não é tudo, mas 1 é muito pouco! Olha o tamanho dessa tela? A câmera sempre me incomodou muito, qualidade bem ruim, imagem opaca, e eu só fui desvendar o mistério quando soube dos 1,2mp -claro que eles nunca divulgaram muito isso-. Veja comparação abaixo:

catscomparação: câmera frontal iPhone 6 plus vs iPhone 6s plus. Sem filtro

Mas a lente do iPhone -que junto com o sensor é o mais importante para uma boa foto- sempre foi uma das melhores que existem, então quando eles lançaram a versão 6s plus, com câmera frontal de 5mp eu achei que meus problemas estariam resolvidos, mas digamos que estou 70% satisfeita com ela. rs É boa mas pelo preço do celular com certeza deveria ser melhor, principalmente em ambiente fechado. (meu marido comprou meu 6 plus então investi bem pouco no novo, ok? Para os cuidadores de vida alheia de plantão). 

Muita gente me criticou por trocar o celular só por causa da câmera, mas oi? É um instrumento de trabalho! Eu sou blogueira, minha rotina é fazer foto. A câmera é o mais importante pra mim num celular. O dia que inventarem uma câmera profissional, com formato de celular, tela grande e com acesso a internet eu compro. ( ou seja um celular que não faz ligações rs).

IMG_7832 IMG_7833

Bom, depois desse testamento sobre a câmera preciso complementar que algumas coisas:

  • A versão 6s plus é mais rápida que a anterior, tudo abre mais rápido e a qualidade da tela também é melhor, mais límpida e viva.
  • Além disso ele filma em 4k, coisa que a versão anterior não faz -era full hd-.
  • Voltando rapidamente as câmeras a traseira também melhorou muito, agora são 12mp contra 8mp do antigo, mas a anterior já era excelente.
  • Ah não podemos nos esquecer do Live photos, que são gifs que captam alguns segundos da imagem, fazendo sua foto ficar “viva”. É bonitinho, mas ocupa o dobro de espaço, então não uso.
  • O iPhone 6s também conta agora com um “flash” na câmera frontal, que nada mais é do que a tela que se acende quando você bate a foto. Também não é grandes coisas, mas se torna útil pra selfies noturnas.
  • Outro detalhe que no dia a dia faz diferença, é que o touch id está muito mais rápido. Você só encosta o dedo e ele abre na hora! O anterior era meio lentinho pra captar a digital.

 

Perceberam que nada me interessa muito né? rs Acho tudo encheção de linguiça hahah por mim poderiam focar mais na câmera e parar de perder tempo com bobagem. #biasincera

 

Eu amo o design da Apple, tenho iPhone desde o 3 e meio que já me acostumei a ter iPhone. Odeio essa briguinha boba de usuário de iPhone vs Samsung, acho ridícula, e recentemente até fui numa loja experimentar um Samsung Galaxy S7, que dizem ter que câmera muito porreta. Coloquei iPhone e Galaxy lado a lado e na tela a câmera do Galaxy é melhor mesmoooo! Mas cuidado: na loja eles deixam o recurso de “embelezar pele” ativado só pra você achar que a celular é o máááximo na imagem lisinha. Fique atenta! E detalhe: o iPhone era versão 6 e o Galaxy já era 7, comparação mais justa seria com iPhone 7.

 

Pra finalizar um breve desabafo:  no vídeo teve muita ofensa a minha moral, me chamaram de vagabunda várias vezes, outros me acusaram de ser sustentada por “velho rico”, algumas mocinhas educadas me chamaram de velha, surgiram dúvidas e questionamentos sobre meu caráter e de onde viria meu dinheiro.. enfim, só fico me perguntando de onde vem tanto ódio? Eu fiz o vídeo pra atender aos pedidos das minhas seguidoras, acho que nota-se claramente que eu estava meio desconfortável porque odeio ostentação e isso não era nem de longe minha intenção, e sinceramente não sei se faria um vídeo assim novamente.

 

Ah onde eu comprei? Comprei no Brasil mesmo, aqui no Submarino. Mas eu não recomendaria a compra agora, já que iPhone 7 deve ser lançado em Setembro.

Segue o vídeo:

 

 

 

 

Artigos Relacionados

Categorias: off-topic Por Bia Munstein

how-to-stop-panic-attacks-w(crédito da imagem)

Nossa nem acredito que já tem mais de dois anos que escrevi aquele post sobre medo de dirigir… é uma coisa que me parece tão recente… uma porque dia após dia recebo comentários na postagem com pessoas se identificando com o problema, outra porque de fato ainda não superei.

Mas escrevo esse segundo post não para falar da minha “não superação” e sim para contar que tive progressos! Esse ano decidi que seria o ano que eu ia dirigir e com a graça de Deus já tenho andado por aí de carro, embora sempre acompanhada pelo marido.

Ainda não foi um passo definitivo, mas foi um passo muito importante pra mim. É engraçado porque eu achava que o dia que estivesse indo e vindo dos lugares dirigindo tudo estaria resolvido, mas infelizmente descobri que não é bem assim que as coisas funcionam. O medo não vai embora automaticamente você tem que enfrentá-lo dia após dia, para que ele diminua até sumir por completo. O meu “corpo” já sabe dirigir, mas minha mente ainda acha que ele não é capaz.

Todas as vezes que pego o carro eu sinto medo, mas em todas as vezes eu vou com medo mesmo! E mesmo tentando fazer isso duas vezes na semana, sempre que sei que vou dirigir fico ansiosa, sinto medo, impotência, vontade de desistir, e o pior de tudo: sinto muita raiva de mim por ainda me sentir assim. Vontade de me chutar, sabe? De falar pra mim mesma: para com isso! Já chega! Pega esse carro e dirigi, para de frescura! Ah como eu queria poder me autossugestionar rs

Eu lembro quando cheguei na casa da minha mãe dirigindo pelo primeira vez ela me disse que estava muito feliz por mim. Pra mim foi um “você conseguiu” sem eu ter conseguido realmente. Eu cheguei lá, mas tudo que eu queria era não precisar fazê-lo novamente. E assim é em todo lugar que eu vou, eu chego, mas na minha cabeça só ficam os erros que cometi, o que poderia ter acontecido, o quanto eu não posso fazer aquilo novamente, enfim… uma cobrança acirrada e sem fim! Tudo coisa da nossa cabeça, nós sabemos, mas como tirar isso de lá? Isso ninguém ensina, porque é um caminho individual.

Mas o básico eu já aprendi: treinar e não desistir. Se permitir errar também é muito importante. Uma vez eu li que: “se sabemos que aprendemos com nossos erros, porque temos tanto medo de errar?”. E isso fez muito sentido pra mim.

Se eu pudesse te deixar uma mensagem, uma que repito sempre para mim mesma, é: que a capacidade já está em você! Você só precisa aceitar.

 

Mas vamos falar de coisa boa? Eu não quero fazer parecer propaganda (como depois dessa frase?? rs), mas preciso compartilhar com vocês como eu consegui dar esse passo tão importante de conseguir ir e vir dos lugares, mesmo que acompanhada, e como pela primeira vez em 8 anos eu me sinto realmente próxima de ser uma condutora independente.

Eu fiz um pacote de 6 aulas com uma auto escola de treinamento para habilitados. Hoje isso tem se tornado muito comum, e com certeza deve haver alguma na sua cidade. Aqui em Petrópolis eu fiz com o S.O.S direção (instrutor Leandro).

O bacana é ter um instrutor que sabe que você tem MEDO, aliás ele esta ali não para lhe ensinar a dirigir propriamente dito, mas para te ensinar a ter confiança em você mesma. E posso falar com certeza que pra mim foi decisivo!

Ao longo de todos esses anos com carteira eu fiz trocentas aulas avulsas, em auto escolas comuns e nenhuma nunca resolveu. Gastava uma fortuna e desistia, perdendo todo o investimento.

Dessa vez eu fiz umas 12 aulas (duas por vez, totalizando 6 sessões), e me lembro que o momento mais emocionante foi na ultima aula quando ele disse:  “me deixa aqui e faz o mesmo trajeto sozinha!”. O primeiro impulso foi falar “eu não consigo” (e achar que ele estava louco rs), mas assim que ele me convenceu foi realmente libertador!  Eu estava dirigindo sozinha!! Foi lindo <3 

Pra falar a verdade eu não queria parar de fazer as aulas, mas chegou um ponto que comecei a ficar segura somente dirigindo com o instrutor, o que também não é ideal, então achei melhor parar e começar dirigir com meu marido. Afinal a vida real não fica todo tempo te incentivando e dizendo que você consegue, ela te critica, mostra seus erros e até tenta te desanimar. A gente também precisa desse ambiente real pra finalmente dizer “eu consegui”. (marido vai me matar haha ele me ajuda gente, mas do jeito dele. Aquela coisa tipo: “tu viu o que tu fez né?” kkk)

 

Bom, texto longuíssimo pra dizer que estamos aí! O jogo não terminou, mas passamos de fase. 😉

 


Mantra pra vida que li no site de onde peguei a foto:

“Eu sou um motorista competente e sempre chego ao meu destino com segurança”

 

 

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"