Categorias: cabelos Por Bia Munstein

Depilação é um assunto que faz parte das nossas vidas e muitas dúvidas surgem na hora de escolher o método.

Eu mesma sempre escutei que “raspar” os pêlos engrossava e que depilar -arrancando pela raiz- afinava. Mas será que isso é verdade?

Vou contar minha experiência no post de hoje e falar quais métodos eu uso!

Pra começar eu tenho pelos finos e até que não são muitos (pra minha sorte, rs!) mas mesmo assim eu tenho que me depilar como todo mundo e não tem muita diferença.

Eu depilo axilas, virilha e meia perna. Buço nunca precisei, mas vez ou outra cato um pelinho aqui outro ali com a pinça. Desde que comecei a me depilar sempre fiz com lâmina e sempre ouvia que engrossava, fazia crescer mais e tal.

Tentei algumas vezes depilar na cera, mas pra mim é uma sensação muito ruim, além da dor que é até suportável, eu tenho verdadeira aflição! Parece que minha pele é muito fina e vai sair junto com pelo! Mas preciso dizer que tenho motivo: minha pele já saiu junto com o esparadrapo duas vezes 🙁 

meu depilador elétrico/ super antigo

Bom, como eu sou resistente a dor, achei de comprar um depilador elétrico para resolver o problema da cera. Fiquei usando ele um bom tempo e foi onde pude confirmar que essa história de lâmina engrossar e depilação afinar não é tão verdade assim. Pelo menos não pra mim!

Passei meses depilando com depilador elétrico, que arranca os pelos da raiz exatamente como a cera, e nunca tive pelos tão grossos como nessa época! É uma facilidade em termos da demora que leva pra crescer novamente, isso não tem conversa, tanto que acabei de usar para uma viagem, mas eles engrossam muito e ainda escurecem meus pelos…

 

Segundo dermatologistas isso tem uma explicação: como os pelos são arrancados pela raiz o organismo entende como uma agressão -que realmente é- e acha que precisa fortalecer o fio.

 

Quando me dei conta que os pelos tinham engrossado muito, voltei correndo para a lâmina e pra minha sorte eles voltaram a afinar em algum tempo, mas serviu de lição para não acreditar em tudo que é dito como verdade absoluta.

E hoje, como eu faço?

 

Bom, hoje eu estou fazendo depilação a laser nas axilas e mantendo virilha e meia perna na lâmina mesmo. MUI raramente eu faço meia perna com esse aparelhinho aí, só quando faço questão de mais durabilidade mesmo (viagem por exemplo). Mas minha intenção é fazer laser em tudo assim que possível porque o resultado realmente compensa. Se quiserem posso fazer um post somente sobre o assunto.

 

E vocês, como fazem com os pelos indesejados?

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Reconstrução, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Como prometi hoje vou explicar tudo que fiz para ter aquele resultado de cor e tratamento que mostrei ontem!

Bora?

Começando pela cor!

Assim que retirei o descolorante, somente com bastante água, eu apliquei o shampoo Grey da Loreal e deixei agindo por 10 minutos. Tem dele aqui na Beleza na Web. Ele e o Silver, também da Loreal, são meus favoritos há anos e dão o mesmo efeito.  O meu Silver é  aqui da Beleza na Web,  mas no momento está mais barato aqui na Empório Charme.

Eu vou intercalando os dois pra nenhum acabar primeiro, rs.

Eu também usei o mesmo shampoo na lavagem total do cabelo depois do tratamento, então ele foi utilizado uma vez só no cabelo descolorido e mais uma vez no cabelo todo.

 

Agora vamos falar do tratamento:

Como comentei ontem a coisa ficou meio complicada porque descolori o cabelo praticamente todo e umas partes que já estavam bem fraquinhas ficaram elásticas…

Eu não me desesperei e parti para ação. Assim que tirei o shampoo matizador, com cabelo ainda na touca, decidi fazer um CPR da Senscience só naquela parte descolorida, que era onde estava o dano.

-O CPR é um reparador de porosidade. Se você não sabe como aplica o CPR tem post completíssimo dele aqui.

Eu tenho o CPR de litro, por isso eu usei sem dó, mas acho desperdício usar uma unidose só para isso, então você poderia ter usado qualquer máscara reconstrutora que tivesse em casa.

Outra coisa bacana a ser feita nesse caso seria passar um acidificante no lugar da máscara porque acidificar/baixar muito ph do cabelo, é uma das melhores coisas para cabelos elásticos.

O certo é que de todo jeito tem que passar algum creme depois do shampoo e antes de tirar a touca, então já aproveitei para começar a tratar.

A gente vai lavar depois, eu sei, mas de toda forma ajuda! Pode confiar 😉

Então retirei a touca ainda com o passo 2 do CPR no cabelo e parti para lavagem completa dos fios.

O que usei na primeira lavagem, após retirar a touca:

A linha que escolhi usar foi a All Soft da Redken, que é uma linha simplesmente maravilhosa, que atua na hidratação profunda do cabelo e levemente na reconstrução. Mas o cabelo não precisa de muita reconstrução nessa hora? Sim, mas eu queria fazer uma espécie de cauterização no final, então não podia abusar.

-Minha linha All Soft é daqui da Empório Charme.

Lavei uma vez com shampoo All Soft, outra vez com shampoo matizador que falei no início, depois de enxaguar bem apliquei a máscara All Soft, deixei agir por 10 minutos e enxaguei bem.

No cabelo enxuto com a toalha eu comecei a “cauterização”, entre aspas porque não usei chapinha. Fiz aplicando o Ciment Thermic da Kerastase, mecha a mecha, conforme ia escovando. Podia ter passado a chapinha se quisesse, ele é ideal para isso. Realmente forma uma “cola” no cabelo, cimentando os fios, daí o nome. O meu é daqui.

Outro leave in que você pode usar para fazer exatamente a mesma coisa e que é muito mais barato é a queratina em Gel da Charis, que usei no último retoque completo. Tem dela aqui.

 

E assim consegui recuperar a parte elástica do cabelo praticamente toda já na primeira vez! <3

-em tempo: todos os produtos citados já tiveram resenha aqui no blog, então se quiser saber mais é só colocar o nome (ou uma parte dele) na busca. Exemplo: se você quer buscar “ciment Thermique” coloque só “ciment”

Clicando na tag “retoque de luzes“, você navega pelos retoques anteriores, vendo tudo que foi feito e produtos que foram usados. É incrível como cada retoque eu tenho um resultado totalmente diferente, rs.

 

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Bom dia, amores!! Passaram bem o feriadão? Espero que sim 🙂

Eu sei que tinha quase jurado que não mexeria mais nas luzes até o final do ano, mas aquela raizona preta estava me incomodando demais! O último retoque que fiz foi somente topo, tem uns dois meses, e pro meu azar não pegou bem justamente onde eu queria, que é onde reparto o cabelo na lateral. Então isso me influenciou bastante adiantar o retoque completo que eu ia fazer só mais pro fim de ano.

Mas não vou ficar enrolando muito e vou logo pros detalhes pra não ficar outro post enorme! Aliás está tuuuudinho no vídeo que gravei, então se puder sugiro que assista 🙂

Retoque de luzes global na touca | feito em casaRetoque de luzes global na touca | feito em casa

Como eu fiz o retoque: bom, como já é de costume sempre que faço minhas luzes em casa eu retoquei as luzes na touca de silicone! Eu estava bem tentada a retocar no papel no salão, MAS no papel não dá para aplicar primeiro na raiz e depois no restante, sacrificando menos o cabelo que já esta descolorido. O descolorante é aplicado em todo cabelo e fica agindo o tempo todo em toda extensão dos fios.

Na touca eu tenho a facilidade de aplicar o descolorante na raiz -apliquei um palmo mais ou menos, onde estava escuro-, deixar agir uns 20 minutos, aplicar no comprimento após esse tempo, deixando mais uns 30 minutos, e aplicar nas pontas somente nos 10 minutos finais.

No total ficou agindo aproximadamente 1 hora (eu já deixei até no máximo 1 hora e 15).

Assim o cabelo sofre menos e tem MUITO menos chance de ficar elástico!

Quais produtos eu usei para descolorir: usei o de sempre, mas para quem esta chegando agora foi o descolorante Premiun Lift Blonde Me da Schwarzkopf, que abre até 9 tons e tem coloração azulada. A água oxigenada da mesma linha volume 30. A mistura é sempre 1 parte de descolorante para duas de ox. Não pode ficar mole demais para não entrar nos buraquinhos da touca, mas duro também não clareia bem.

Antes de aplicar o descolorante eu também uso o pre-lift, da mesma linha, que ajuda proteger o cabelo.

A touca é de silicone, suuuper velha, e a agulha de crochê eu uso duas, uma mais fina (6- 1.00mm)  outra levemente mais grossa (ela só marca o número 15, não tem os mm). A mais fina eu deixo com o marido porque ele tem a mão mais pesada e acaba sempre puxando mechas mais grossas, rs. Porém essa parte do topo que vocês veem foi puxada com a mais grossinha, de 15 eu puxei mechas mais grossas porque queria clarear muita quantidade de cabelo.

Vou falar do tratamento e matização amanhã, tudo bem? Eu fiz vááárias coisas, rs! Se não quiser esperar está tudo no vídeo.

Retoque de luzes global na touca | feito em casa Retoque de luzes global na touca | feito em casa

Gostaram do resultado?

Eu amei e estou super satisfeita! A cor não ficou nada acinzentada, repararam? Acham que ficou melhor assim ou preferem mais platinado?

Abaixo deixo o vídeo (caso não abra clique aqui):

 

 

-em tempo: estou indo hoje para Angra dos Reis -esperei passar o ferido, rs- mas teremos posts normalmente. O lugar é maravilhoso! Me acompanhem lá no meu Instagram (euvouderosa) que vou postar várias fotos 🙂

 

Artigos Relacionados

Categorias: off-topic Por Bia Munstein

Oi amores!

Passaram bem o feriado? Espero que sim 🙂

Olha esse móvel que esta enfeitando o cantinho do blog aqui em casa, se não é lindão? <3 É a nova casa dos produtos de cabelo!

Eu comprei online aqui na Mobly, paguei 509 reais e chegou em uns 10 dias aqui em casa. Foi super rápido.

Quem já me segue a mais tempo sabe que eu tinha há anos meu móvel de nichos, onde armazenava meus produtos de cabelo. Eu achava lindo deixar meus produtinhos todos a vista, mas confesso que depois de anos acabei cansando e achando o visual meio poluído (principalmente porque era quase impossível manter organizado).

Ainda acho meu nicho bem lindo e aproveitei pra colocar ele no meu closet, só que coloquei ele em pé em vez de deitado. Ele é uma estante pra quem se interessar, ainda tem dela aqui. e tem uma parecida aqui na Mobly também.

*essa foto é super antiga! 2013

 

Então decidi que estava na hora de mudar o armazenamento para uma coisa mais escondida!

Eu queria um móvel bem espaçoso, branco e o mais clean possível! Foi amor a primeira vista quando vi esse buffet da Truzzi. Ele originalmente é um móvel sala de jantar, mas foi perfeito para o que eu queria.

Ele chegou desmontado aqui em casa e eu demorei umas 3 horas para montar junto com o marido, e mais umas 3 para regular essas portas o mais retinhas possível. Um inferno na terra, rs!! Mas o resultado valeu a pena.

Na largura ele é bem menor que o meu nicho antigo, que tinha mais de 2 metros de largura, mas ele tem muito mais profundidade então acabou sobrando bastante espaço ainda.

O ruim é que os produtos ficam um pouco mais difíceis de visualizar, não fica tão na cara assim, mas creio que não terei problemas na hora de escolher o que vou usar.

 

Gostaram?

 

Onde encontrar: o meu eu comprei online aqui na Mobly. 

 

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"