Categorias: Corretivo, Maquiagem, Swatches Por Bia Munstein

Finalmente cumprindo a promessa de resenhar o corretivo amarelo da Ruby Rose!

Eu fiz a resenha do corretivo normal, cor de pele, aqui no blog há um tempo atrás e como comprei os dois juntos prometi que falaria do colorido mais a frente. O tempo passou e eu confesso que esqueci ele perdido em meio as minhas maquiagens. Sorry!

Mas cá estamos!

Pra quem não sabe a função do corretivo colorido de acordo com a estrela de Oswald, o amarelo é a cor que anula o roxo. Tom de muitas olheiras por aí, incluindo a minha. Hoje em dia também está bem famoso o corretivo laranja que, novamente olhando a estrela, camufla o azul, então serve praquelas olheiras mais punks mesmo, bem escuronas.

Bora para as fotos assombrosas! (o que eu não faço por vocês, rs!)

color correcting fluid NAKED SKIN Ruby rose

antes, durante e depois da aplicação do corretivo amarelo

antes e depois (já com corretivo cor de pele por cima)

antes e depois (já com corretivo cor de pele por cima)

Pele pronta com corretivo e base -sem pó-

-O corretivo que usei por cima do amarelo foi esse da Maybelline que é o que mais tenho usado e a base é essa da Vult, cor B15.

O que eu achei: pra quem se interessar no corretivo e quiser saber da qualidade e tals recomendo ler a resenha completíssima que fiz dele aqui no blog, mas basicamente ele é um corretivo bem sequinho com cobertura média e que -infelizmente- marca muito minhas linhas de expressão… faço 33 esse ano, então isso é uma coisa que me deprime. 🙁

MAS o corretivo amarelo eu aplico somente na parte roxa, não chega pegar nas linhas, então dá pra usar bem de boa.

Minhas olheiras no geral são fáceis de cobrir, mas tenho esse sulco um pouco mais roxo e dependendo da época ele fica mais chatinho de tampar -quem lembra do sufoco que passei quando fiz preenchimento?- nessas horas eu gosto de aplicar o corretivo amarelo antes do corretivo no tom da minha pele.

 

-Aqui tem resenha de outro corretivo amarelo, em bastão da Vult.

 

Eu achei a cobertura do corretivo amarelo da Ruby Rose meio fraca para cobrir uma olheira realmente roxa. Acho que precisaria deixar secar, aplicar outra camada, e aí sim aplicar o tom da pele. Penso que corretivo colorido funciona melhor em creme ou bastão porque cria uma camada menos “transparente”.

Como minhas olheiras estão tranquilas ultimamente ele deu conta do recado, mas afirmo que não há muita diferença de cobertura comparado a aplicação somente do corretivo cor de pele!

Eu não testei, mas o corretivo verde da linha, se for assim fininho como o amarelo, deve ser bem bom para disfarçar partes muito avermelhadas no rosto, uma vez que essa cor deve ficar bem suave mesmo pra cobrir uma área maior (verde anula vermelho).

 

Onde encontrar: em perfumarias e lojas de cosméticos. Eu paguei cerca de 12 reais em cada um.

Artigos Relacionados

Categorias: Culinária, Sem gluten Por Bia Munstein

Muita gente não costuma associar comida sem glúten com comida rápida, aquela que você pede pelo telefone ou app. Mas saiba que é até relativamente fácil de encontrar estabelecimentos que oferecem este tipo de prato, inclusive para outras dietas restritivas também, e que podem ser adquiridos com muita tranquilidade.

Seja por motivo de intolerância ou apenas para emagrecer, se você quer evitar o glúten vou deixar algumas dicas abaixo para que aproveite melhor o momento da refeição com amigos e familiares.

-Uma boa alimentação faz bem pros cabelos e para pele, não esqueçam!

1- Comida naturalmente sem glúten

É a melhor maneira de consumir, sem precisar pagar nada a mais. Frutas, gelatina, tapioca, carnes e peixes, legumes e verduras, tudo isto é 100% permitido. Tudo prático e fácil de comprar ou pedir.

2- Substitutos

Qualquer supermercado grande já possui muitos alimentos produzidos sem a proteína. Dá pra comprar o macarrão que todos amam, ou até pães e biscoitos sem se preocupar. Biscoitos de polvilho e alguns sequilos também costumam ser sem glúten! Fique atento aos rótulos.

3- Comer fora


Todo mundo adora e as opções são inúmeras, desde as churrascarias, aos restaurantes naturais, passando pelos de culinária japonesa. Você só precisa ficar atenta aos ingredientes de alguns pratos ou optar por aqueles mais naturais, em que nem mesmo processadores ou liquidificadores possam ser utilizados (podem usar o mesmo aparelho e causar contaminação cruzada. Isso é especialmente importante para quem é celíaco). Atenção também aos pratos com molhos que muitas vezes são engrossados com trigo. Sempre que possível eu pergunto ou prefiro desconsiderar a opção.

4- Pedir comida em casa


A maior de todas as facilidades: pedir um bom delivery de um restaurante já conhecido! Se quiser ter 100% de certeza de quer ficará livre de partículas, escolha aquele com culinária específica, como a japonesa, por exemplo, e se delicie com os sushis e outros pratos naturalmente sem glúten.

E ah, nunca é demais lembrar que já existem alguns restaurantes especializados em comida glúten free!

Bom apetite! 🙂

Artigos Relacionados

Categorias: Batom, Maquiagem, Swatches Por Bia Munstein

NYX Lingerie/ Satin ribbon batom líquido matte

Quem lembra da minha caixa maravilhosa de produtos NYX? Finalmente comecei usar e fotografar os produtos para post aqui no blog! \o/

O primeiro vai ser esse batom mara que me encheu os olhos assim que vi! É o Satin Ribbon da linha Lingerie de batons matte da marca.

Veja descrição do fabricante:

Deslize em algo sedutor com Lip Lingerie, nosso batom líquido luxuoso com um acabamento de pelúcia e mate. Disponível nas cores de beijos que você conhece e ama – de canela rosa e castanho chocolate; para aquecer, vermelho mogno e clássico nude bege-plus, 12 novos nudes! Cada tom revestirá as curvas dos seus lábios com uma cor irresistivelmente aveludada.

NYX Lingerie/ Satin ribbon batom líquido matteSatin Ribbon NYX/ batom líquido matte

NYX Lingerie/ Satin ribbon batom líquido matteaplicador “diferente”. Liso na parte de trás (seria para economizar a esponjinha?)

NYX Lingerie/ Satin ribbon batom líquido matte

A linha tem 24 cores fascinantes no total e a do post de hoje é a cor Satin Ribbon (lip 07).

Esse tom é um nude rosado meio pálido perfeito para olhos mais trabalhados. No look da foto eu usei uma sombra mais ou menos no mesmo tom do batom e gostei muito do resultado (a sombra foi essa nude rosada aqui da vult).

Eu não gostei muito do aplicador do batom que tem a parte da frente “peludinha” normal e as costas lisas. Não entendi muito bem a função disso…

Falando da qualidade do batom em si ele gruda na boca que é difícil tirar! Até com água micelar foi trabalhoso, rs. Ele fixa MESMO!

Também fica bem sequinho.

Gostei muito e fiquei com vontade de experimentar outras cores.

 

Onde encontrar: como já havia comentado com vocês a NYX -que foi comprada pela Loreal- acabou de abrir uma loja no Barra Shopping no Rio. Segundo divulgação até dezembro abrirão mais 2 lojas em São Paulo. Se alguém já tiver tido acesso aos valores, por favor, deixe nos comentários. 😉

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Preferidos Por Bia Munstein

Vocês adoram uns preferidos, né? Mal eu faço um, vocês já ficam querendo os demais! rs

Na semana passada tivemos meus produtos preferidos para fazer escova no cabelo -leave ins termo ativos- e essa semana vou falar das minhas máscara preferidas para reconstruir o cabelo!

Eu fiz esse post em 2016 e como estou sempre testando coisas novas, estou fazendo o de 2017. Mas mudou pouca coisa viu? Vamos lá! (no fim do post tem o vídeo pra quem preferir).

Penetraitt Sebastian: Cê jura, Bia? Penetraitt Sebastian de novo? rs. Pois é, gente! Ela continua nos preferidos, hehe. Dessa vez incluí toda a linha que resulta num dos cabelos mais perfeitos que já pude experimentar! (o vídeo abaixo com a aplicação completa prova isso).  Podendo ter o shampoo e o condicionador para complementar o efeito é MASTER,  mas o primordial sempre será a máscara, ok? Tem toda linha aqui.

 

Veja a aplicação modo profissional da Penetraitt Sebastian aqui.

 

Joico K-Pak: essa é um linha que tenho muitos produtos! Tanto da versão tradicional quanto da versão Color Therapy -que é focada nos cabelos coloridos-. A mais reconstrutora mesmo é a primeira versão, a tradicional, Deep penetraitt. Ela tem cheiro de banana estragada, textura qualhada, mas é indiscutivelmente um dos melhores produtos existentes para reconstrução capilar. Tem online aqui.

 

Veja aqui minha reconstrução ácida com toda a linha Joico K-Pak.

 

Repair Rescue Schwarzkopf: também tenho muitos produtos dessa linha. Sempre que gosto de um produto, gosto de ir complementando com os demais que fazem parzinho. Essa máscara eu testei a versão antiga, e ano passado testei a versão mais nova “nourishing” que é ainda melhor que a antecessora, porque deixa o cabelo mais maleável. Trata o cabelo DE VERDADE assim como todas que estão aqui nos preferidos.

O leave in bifásico também é ótimo e tem uma pegada mais nutritiva porque é metade óleo (mas não pesa nada). Muito bom pra usar junto. E pra fechar tem o Sealed Ends que é o único produto para pontas duplas e muito danificadas que realmente funciona. Tem toda a venda linha aqui.

 

Resenha completa da linha aqui no blog. Máscara aqui e leave in aqui.

 

Therapiste Kerastase: essa máscara quando testei pela primeira vez, usei somente ela da linha e apesar de ter gostado do tratamento confesso que meu cabelo não ficou tão bonito. Ela só foi especial pro meu cabelo quando usei ela com o shampoo da mesma linha! Pode ter sido porque meu cabelo estava numa época diferente, não sei, mas em conjunto com o shampoo foi o modo que ela ficou melhor. Com certeza a máscara mais regeneradora da Kèrastase até hoje. Tem pra vender aqui.

 

Vídeo com aplicação passo a passo da linha aqui.

 

CPR Senscience: aplicacao e resenha no diario do cabelo descolorido

C.P.R Senscience: praticamente toda vez que retoco minhas luzes eu faço uma aplicação de CPR… é um dos salvadores do cabelo poroso e elástico. Excelente para cabelos descoloridos como os meus, que é o tipo de fio que  atinge um maior grau de dano na maioria das vezes. Não é um produto pra usar sempre, ele é muito forte. Uso normalmente só no retoque ou quando sinto o fio muito fragilizado e nada dá jeito. A unidose é o mais indicado por conta disso. Tem aqui.

 

Resenha completa do CPR aqui.

 

Agora fiquem com o vídeo onde falo mais sobre cada produto (caso não abra clique aqui):

 

 

 

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"