Categorias: Culinária, Sem gluten Por Bia Munstein

Muita gente não costuma associar comida sem glúten com comida rápida, aquela que você pede pelo telefone ou app. Mas saiba que é até relativamente fácil de encontrar estabelecimentos que oferecem este tipo de prato, inclusive para outras dietas restritivas também, e que podem ser adquiridos com muita tranquilidade.

Seja por motivo de intolerância ou apenas para emagrecer, se você quer evitar o glúten vou deixar algumas dicas abaixo para que aproveite melhor o momento da refeição com amigos e familiares.

-Uma boa alimentação faz bem pros cabelos e para pele, não esqueçam!

1- Comida naturalmente sem glúten

É a melhor maneira de consumir, sem precisar pagar nada a mais. Frutas, gelatina, tapioca, carnes e peixes, legumes e verduras, tudo isto é 100% permitido. Tudo prático e fácil de comprar ou pedir.

2- Substitutos

Qualquer supermercado grande já possui muitos alimentos produzidos sem a proteína. Dá pra comprar o macarrão que todos amam, ou até pães e biscoitos sem se preocupar. Biscoitos de polvilho e alguns sequilos também costumam ser sem glúten! Fique atento aos rótulos.

3- Comer fora


Todo mundo adora e as opções são inúmeras, desde as churrascarias, aos restaurantes naturais, passando pelos de culinária japonesa. Você só precisa ficar atenta aos ingredientes de alguns pratos ou optar por aqueles mais naturais, em que nem mesmo processadores ou liquidificadores possam ser utilizados (podem usar o mesmo aparelho e causar contaminação cruzada. Isso é especialmente importante para quem é celíaco). Atenção também aos pratos com molhos que muitas vezes são engrossados com trigo. Sempre que possível eu pergunto ou prefiro desconsiderar a opção.

4- Pedir comida em casa


A maior de todas as facilidades: pedir um bom delivery de um restaurante já conhecido! Se quiser ter 100% de certeza de quer ficará livre de partículas, escolha aquele com culinária específica, como a japonesa, por exemplo, e se delicie com os sushis e outros pratos naturalmente sem glúten.

E ah, nunca é demais lembrar que já existem alguns restaurantes especializados em comida glúten free!

Bom apetite! 🙂

Artigos Relacionados

Pat

2 de agosto de 2017 - 23:43

Que legal! Eu uso Kerastase da linha verde ( Therapiste e Architect). Outro item que vc deveria tentar testar é a “nova” fusio dose com as ampolas ( eu amo a linha verde/ Resistence). É muito amor! Vejo mais efeito nessa linha reconstrutora mas estou com vontade de testar a nova para cabelos coloridos ( é nutritiva) que vc pode adicionar o booster corretor.
Você já viu os novos produtos da Wella da Óleo Reflexion?!

Bia Munstein

3 de agosto de 2017 - 11:15

Eu já usei essa fusio dose mas não sei porque não lembro do resultado 🙁

Glaucia Cristina Ferreira da Silva

2 de agosto de 2017 - 10:01

Adorei!! Mais posts sobre o assunto please!!! Bjs!!!

Bia Munstein

2 de agosto de 2017 - 13:27

que bom que gostou! temos mais posts sobre o assunto na tag “sem gluten”
beijos

Pat

1 de agosto de 2017 - 21:54

Fugindo do tema, Bia, sabe qto a Thérapiste no site q te falei de Portugal?!
132,00 :D.
Nossa, tô louca pra testar! São poucas as marcas que não compensa; Skin Ceuticals é uma delas. Em compensação tem produtos da marca que só vendem fora do Brasil.
Bjocas.

Bia Munstein

2 de agosto de 2017 - 13:28

amanhã teremos um post só de kerastase por falar nela rs

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"