Categorias: Culinária, Sem gluten Por Bia Munstein

Receita: coxinha sem gluten (de frango)

Oi gente!

Essa semana eu estava numa loucura pra comer coxinha! Antes de descobrir minha intolerância ao glúten -não celíaca- coxinha era uma coisa que eu nem ligava muito, mas quando a gente não pode é aí que a gente quer! haha

Fui atrás de uma receita de coxinha sem gluten e ela ficou tão bacana que decidi compartilhar com vocês.

Vamos aprender?

Ingredientes para o recheio:

  • 400g frango cozido e desfiado (peito ou coxa e sobrecoxa. Usei peito)
  • 1,5 litros de água para cozinhar
  • 1 dente de alho socado para cozinhar junto com o frango
  • Sal a gosto
  • Óleo e azeite a gosto (para refogar)
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate sem pele e sem sementes (não usei)
  • tempero pronto à gosto (usei 1 tablete de caldo de galinha pra cozinhar o frango)
  • 1 colher (sopa) de salsa picada

Preparo do recheio:

Cozinhe o frango com tempero a gosto (eu usei sal e 1 tablete de caldo de galinha). Desfie a mão, ou com a batedeira ou sacudindo bem a panela de pressão onde ele foi cozido -já sem a água-. Reserve um litro do caldo de frango para a massa. Numa panela refogue a cebola, os tomates, o alho amassado, adicione o frango desfiado e acerte o sal. Eu refoguei junto com o tempero um pouco de molho de tomate pra dar uma cor e por ultimo a salsinha.

Receita: coxinha sem gluten (de frango)

Ingredientes para a massa:

  • 1 litro caldo de frango (o que você cozinhou o peito)
  • sal a gosto
  • alho amassado, a gosto (refogado)
  • 1 colher de sopa salsa picada (não coloquei)
  • 1/2 quilo batata cozida e amassada (usei 4 grandes)
  • 450 gramas farinha de arroz (usei um pouco menos que isso)
  • temperos a gosto (usei um tablete de caldo de galinha)
  • fubá fino, para empanar

Modo de preparo da massa:
Numa panela coloque o alho e refogue com óleo ou azeite até dourar, acrescente o caldo de frango reservado, o tempero, as batatas amassadas e deixe ferver.
Acrescente a farinha de arroz aos poucos, mexendo sempre até desgrudar da panela (tem que ter força no braço, peça ao marido se for o caso rs). Coloque numa vasilha e deixe esfriar. Sove a massa (a massa fria é bem melhor pra sovar e modelar! Quente ela gruda nas mãos).

Abra a massa na palma da mão fazendo um círculo. Coloque um pouco do recheio no centro da massa, feche e modele na forma de coxinha.

Depois de prontas, molhe levemente as coxinhas na água (ou ovo batido, não faz muita diferença), passe pelo fubá e frite em óleo bem quente, até que o fubá fique levemente amarelo (não deixe dourar demais porque o fubá fica muito duro).

Receita: coxinha sem gluten (de frango)

Dicas: A farinha de arroz é facilmente encontrada hoje em dia. Tem no mercado, tem nessas casa de produtos naturais tipo Mundo Verde, Via Verde, etc. Custa uns 5 reais a embalagem 500gr.

A coxinha sem glúten fica com a massa mais leve, é bom temperar bem a massa porque senão fica aguada e insossa por causa da farinha de arroz. O mesmo vale para o recheio! Capriche no tempero.

Frite em óleo bem quente (ponha um palito de fósforo no óleo, quando ele acender está bom). Ela fica sequinha! Não fica encharcada de óleo.

Você pode substituir a batata por mandioca/aipim, mas aviso que é chatinho de amassar.

 

Eu fiz essas coxonas enormes por pura preguiça haha Rendeu umas 18 coxinhas dessas. O bom é que a massa pode ser usada para qualquer recheio. Pensei em fazer bolinha de queijo. 🙂

A receita foi tirada originalmente daqui.

Artigos Relacionados

Categorias: Culinária, Sem gluten Por Bia Munstein

IMG_9971

Desde que eu descobri minha intolerância ao glúten acho que uma das coisas que mais me da dó de não comer é meu amado bolo de chocolate! E como eu não sou fã dos bolos feitos com farinha sem glúten -porque acho meio secos- fiquei um bom tempo sem provar dessa delícia.

Mas meus tempos de abstinência acabaram e preciso dividir com vocês essa receita top de bolo de chocolate sem glúten que todo mundo que prova ama! (meu marido mesmo já veio pedir pra fazer novo assim que viu a foto rs)

E ah, pode fazer que eu testei e aprovei a receita! Não é daquelas receitas que a gente faz com medo de ficar horrível -(porque o que mais tem na internet é receita que nem foi testada, com fotos muito diferentes da realidade, enfim…)

IMG_9965Bolo desenformado, ainda sem a cobertura

IMG_9970 IMG_9973

Vamos a receita!

Bolo de chocolate com coco ralado/ sem farinha de trigo:

Ingredientes do bolo:

  • 6 ovos
  • 6 colheres de sopa cheias de açúcar (eu não disse que era light rs)
  • 6 colheres de sopa cheias de chocolate em pó*
  • 2 colheres de sopa rasas de manteiga
  • 100gr da coco ralado (pode ser qualquer um)
  • 1 colher de sopa rasa de fermento em pó

Modo de fazer: coloque os ovos no liquidificador e bata por uns 2 minutos, acrescente o açúcar, o chocolate em pó e a manteiga e bata mais um minuto. Adicione o coco e bata mais um pouco, por fim ponha o fermento e bata rapidamente só para misturar. Se quiser colocar tudo junto e bater ao mesmo tempo também pode, mas batendo separado fica mais fofo. Asse em forma untada com margarina e chocolate em pó (não gruda), por cerca de 40 minutos. O tempo varia, se a forma for alta como a minha, demora isso, se for fazer numa forma reta vai ficar pronto antes. Faça o teste do palito com 30 minutos.

Espere amornar e desenforme. Corte ao meio, se desejar, coloque metade da cobertura no meio e o restante por cima, como eu fiz.

Ingredientes da cobertura:

  • 1 caixa de creme de leite (se for lata, sem soro)
  • 4 colheres de sopa de açúcar (a seu gosto)
  • 4 colheres de chocolate em pó

Modo de fazer: misture tudo e leve ao fogo até ferver e deixe fervendo por uns 3 minutos, pra dar uma encorpada. Não engrosse muito. Coloque um pouco no meio do bolo e o restante por cima. 

 

Dicas:

Se não tiver chocolate em pó pode ser achocolatado.

Não recomendo fazer brigadeiro com leite condensado, para cobertura porque ficaria muito melado, mas vai do gosto de cada um.

A forma que eu usei foi uma pra pudim, daquelas pequenas, com uns 20 centímetros de diâmetro. Pode-se usar forma para bolo inglês, ou qualquer forma que não seja maior que 25cm pra não ficar muito fino.

Como o bolo fica? Ele fica molhadinho, mesmo sem a calda.  Mas é no dia seguinte que ele fica ainda melhor porque o coco absorve todos os líquidos e fica mais imperceptível na textura do bolo. Eu não sou fã de bolo com coco e posso afirmar que não fica com gosto praticamente nenhum, o chocolate é o que sobressai.

Como eu disso todo mundo amou o bolo, inclusive eu!

 

Artigos Relacionados

Categorias: Culinária, Sem gluten Por Bia Munstein

Oi meninas!

Acredito que boa parte de vocês já tenham me ouvido falar sobre glúten ou sobre minha intolerância a ele. Como sempre que posto alguma coisa surgem várias dúvidas do tipo: você é celíaca? Você cortou pra emagrecer? O que você come? etc.. eu decidi gravar um vídeo esclarecendo tudo!

Pra quem não sabe o glúten é uma proteína presente no trigo, cevada e aveia, então todo alimento que contenha alguma dessas substâncias, ou até mesmo traços dela, faz mal a quem é intolerante. Os sintomas são vários, porém o mais aparentes são diarreia, gases e dores abdominais.

Mas a intolerância vai além de uma simples dor de barriga, a pessoa que não pode consumir e consome deixa de absorver os nutrientes necessários e pode ter desde anemia até danos neurológicos, isso porque o organismo fica sensibilizado e mais defensivo do que deveria. Mais complicado do que parece…

Eu tenho intolerância ao glúten não celíaca, ou seja, eu não preciso abolir o glúten pra sempre da minha vida, mas preciso evitar o máximo possível. O máximo mesmo! No vídeo eu falo tudo, desde como eu descobri, quais são meus sintomas, qual é meu tratamento, o que o médico disse, o que eu como, etc…

E como prometi no vídeo que ia deixar algumas receitas aqui vou deixar abaixo as que eu mais como no dia a dia:

Waffle de pão de queijo-receita aqui.

Bolo de milho sem gluten- receita aqui.

Palitinhos de queijo sem gluten- receita aqui.

Ter intolerância ao glúten é bem chato, não vou mentir, mas com o tempo a gente acostuma! O importante é se manter saudável e não deixar se abater só porque você não pode comer uma coisa ou outra. O bom de compartilhar é isso: a gente não se sente sozinha:) E como eu disse deixei muitas dicas e informações no vídeo, mas quem quiser perguntar algo que eu possa ajudar é só falar! =D

Pra acompanhar o que eu ando comendo é só seguir no Instagram: @euvouderosa

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"