Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

IMG_9553

Você, garota esperta, que me segue nos Instagram (@euvouderosa), já sabe que retoquei minhas luzes na semana passada. Pra quem não sabe, ou quer conferir os detalhes, conto tudo no post de hoje.

To tããão feliz com meu retoque novo!

Eu estava mega apreensiva com esse retoque. Devido ao estado do meu cabelo, que convenhamos não estava a coisa mais saudável do mundo, com alguns pequenos cortes químicos espalhados por toda cabeça, meu medo maior era ficar tudo elástico. (pra um cabelo quase todo descolorido meu cabelo estava ótimo, sejamos sinceras, mas pra um cabelo “normal” ele estava bem danificado).

Me cerquei de todos os lados para fazer o retoque mais seguro possível e o resultado é esse que conferem no post!

IMG_9295-horzAntes e depois do retoque

Qual método eu usei: fizemos na touca! Mas dessa vez não fui eu que fiz. Eu tenho uma vizinha que é cabeleireira, fui até a casa dela, expliquei que eu tinha os produtos, mas precisava de alguém que fizesse pra mim e ela topou! (obrigada, Eliane!) A princípio eu queria fazer no papel, mas ela me convenceu a fazer na touca. Fiquei mega em dúvida, porque eu queria retocar só a raiz, mas ela acabou me convencendo que o risco de manchar era menor e que ficaria mais uniforme.

Puxou mechas finas por todos os buracos da touca (ficou bem pouco cabelo puxado, o que deixou a raiz mais natural), aplicou descolorante só onde estava preto, deixou agir por 50 minutos e puxou pro restante do cabelo  por mais 10 minutos só para igualar o tom (não foi aplicado nas pontas). Essa parte é a que mais me preocupa, imagina fazer isso toda vez que retocar? Mas é um mal necessário, porque se não fizer fica marcado mesmo.

IMG_9570

Quais produtos eu usei: o descolorante e a OX  de 30 usei o Blonde Me da Schwaszkopf que sempre uso, amo e não abro mão. Acho que nunca na vida trocarei de descolorante. Até ela ficou apaixonada com o resultado. Abre super bem, clareando até 9 tons, e não danifica tanto quanto os outros. Os meus vieram aqui da Plena Cosméticos.

IMG_9551-horz IMG_9556 IMG_9550Resultado do retoque de luzes

O matizador que usei foi meu amado salve salve Silver da Loreal. Outro produto que a cabeleireira também amou! “Ele é bom mesmo, hein?” foi o que ela falou assim que viu seu resultado após agir 10 minutos no cabelo. (a gente aplicou um shampoo comum pra remover o descolorante, condicionador só para remover a touca. Lavou novamente com shampoo comum, e aí sim aplicou o matizador).

Novidade da vez: além desse produtos tops que sempre uso dessa vez contei com a ajuda do All.O.Plex (Olaplex versão brasileira). Eu vou fazer um post dedicado porque ele merece, mas já adianto que amei! (é um potencializador de descoloração e protetor da fibra capilar).

E depois de todo esse testamento creio que expliquei tudo certinho, né? Caso não é só me perguntar nos comentários!

Ah eu sempre retoco minha luzes a cada 4 meses, em média. Gosto de dar um tempo pro cabelo se recuperar.

Gostaram? Eu ameeeeei!! E bora garrar no diário do cabelo descolorido hehe Ahh pra quem não tinha visto eu cortei o cabelo sim! Falei sobre isso aqui.

 

Onde encontrar os produtos usados?

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

retoque de luzes

Como a maioria de vocês sabem na quinta feira passada eu retoquei minhas luzes e dessa vez decidi que ia fazer no salão para “ajustar” algumas coisas que estavam me incomodando nos retoques caseiros.

-Eu andei retocando minhas luzes em casa, lembra?

Então, escolhi o Werner coifeur aqui de petrópolis e quem fez meu cabelo foi o profissional Jay Sobral, que aliás já é conhecido na cidade por deixar as loiras BEM LOIRAS!

IMG_0462-horz IMG_0487-horz
Comecei explicando pro Jay o que eu queria: corrigir algumas partes que estavam machadas e retocar a raiz.

Na verdade o que eu mais queria era sumir com as manchas que já estavam me deixando neurótica, se não fosse isso teria esperado mais pra retocar porque eu tinha acabado de fazer 3 meses do último retoque.

Dito isso partimos para o procedimento: Ele usou o descolorante Blondor da Wella e ox de 30 misturada com ox de 10. Segundo ele isso deixa o ox como se fosse de 20 e agride menos o fio. Vocês sabem que o Blondor não é meu descolorante preferido e eu meio que paralisei quando vi que ele seria usado, mas achei mais sensato confiar no profissional e não meter o “bedelho” onde eu não era chamada. Até o momento não me arrependi! O cabelo abriu super bem e não estou sentindo tanto ressecamento.

Em se tratando de cor eu disse que não queria o cabelo cinza, então foi feita a matização com Richesse Pérola da Loreal, que tem pigmento roxo e só neutraliza o amarelo sem acinzentar. O cabelo ficou com um belo tom manteiga -que não minha opinião deveria chamar loiro margarina porque a manteiga é muito mais amarela rs- e esse tom foi foi motivo de discórdia entre minhas queridas seguidoras do Instagram: Umas amaram outras preferiram a versão antiga, mais platinada.

Segue lá no Insta porque sempre posto tudo em primeira mão: @euvouderosa

IMG_0189

Pra amenizar os danos depois do retoque o Jay sugeriu uma cauterização a frio da Redken, porque segundo ele, não é indicado colocar muito calor num cabelo descolorido e eu super concordo.

O passo a passo do tratamento foi esse:

  • O cabelo foi lavado com shampoo (e nesse momento eu ganhei uma massagem relaxante do Willian. Thanks!)
  • Em seguida foi aplicado o Cat Extreme
  • Depois 3 “shots” -que imagino que sejam doses- de Extreme, all soft e smooth look. (uma de cada)
  • então foi aplicado um regulador de ph PH 3,5
  • e por último a máscara Extreme reconstrutora.
  • Em seguida o cabelo foi seco fazendo escova.

IMG_0227-horzAinda no salão, junto com o Jay. A luz não estava tão boa porque já era noite.

Resumo da ópera:

O cabelo está mais danificado que das outras vezes mas acho que é super aceitável depois da 3 descolorações seguidas, onde todas foram feitas puxando mechas por todo cabelo. (duas que fiz em casa e postei aqui e aqui e essa de agora).

 

Achei que o tom ficou muito mais uniforme, praticamente sumiram as manchas e pra não dizer que foi tudo perfeito ainda estou com o “pé” do cabelo escuro, destoando um pouco do resto. Mas faço a mea culpa porque esqueci de enfatizar que isso me incomodava.

Estou sentindo minhas pontas mais ralas, o que indica que tivemos um pouco de quebra, mas creio que parte desse afinamento de pontas será revertido com os tratamentos que farei a seguir.

IMG_0525Essa é só pra mostrar minha boina nova 😉

Sobre o salão e valores dos serviços:

O Werner Coiffeur é um salão de luxo aqui em Petrópolis, mas confesso que não me assustei demais com os preços. O atendimento foi SUPER organizado, cortês e atencioso. Tomei um chá de limão delicioso -duas vezes- e todos os funcionários tentaram me deixar a vontade. Assim que uma das manicures me viu tirando foto no espelho já se ofereceu pra me fotografar. (agradecimento especial a Fabiana, gerente do salão, que me recebeu super bem). O Jay, que fez meu cabelo, é ótimo! Tem uma personalidade incrível e não faz parte do time “blasé” que vemos vez ou outra por aí. Transmite sinceridade e empatia com a cliente. Me identifiquei muito.

Valores:

  • Ballayagem Nutri Luminosa (luzes): 251,00
  • Cauterização a frio Redken: 169,00
  • Telefone: (24) 2247-3460

 

Hello, diário do cabelo descolorido! To de volta!

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Loiras, Retoque de luzes Por Bia Munstein

Meu retoque de luzes passo a passo: video + post

Oi meninas! Nossa, eu nem acredito que consegui gravar esse vídeo pra vocês! Finalmente tomei coragem e gravei todo processo do meu retoque de luzes!

Como vocês já podem notar meu cabelo ficou MEGA loiro e como falei no vídeo essa nem era minha intenção. Eu não queria deixar o cabelo mais loiro, só que acabei puxando muitos fios e mechas grossas o que resultou em quase 90% dos fios descoloridos.

Meu retoque de luzes passo a passo: video + post Meu retoque de luzes passo a passo: video + post

Eu fiz tudo com muito cuidado mas mesmo assim o cabelo sofreu! Esta ultra fragilizado, elástico em algumas poucas partes e precisando mais do que tudo de reconstrução.

O bom é que deixei algumas resenhas prontas antes das luzes e assim terei tempo de fazer meus tratamentos sem parar os posts de resenha. Fiquem tranquilas que tudo que eu fizer pra recuperar o cabelo depois da descoloração vocês vão ver no diário do cabelo descolorido. A série vai voltar!

No mais vou deixar a lista de produtos usados, todos com links direcionando para as resenhas e onde encontrar, mas se tiverem alguma dúvida é só dizer.

Mesmo não sendo esse o resultado que pretendia eu gostei de como ficou o cabelo e agora é intensificar o tratamento pra recuperar os danos. 😉

Espero que gostem do vídeo é borá lá assistir! Clique aqui para acessar o vídeo no youtube.

 

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"