Categorias: cabelos, nutrição, óleos, Produtos Testados Por Bia Munstein

Desde que esse óleo chegou pra mim que ele tem sido um facilitador pra fazer umectação no meu cabelo! Principalmente depois do retoque de luzes onde o pobre ficou bem necessitado, rs.

Pra quem nunca ouviu falar do Nanoil ele é composto por uma combinação de vários óleos  que prometem ajudar a tratar cabelos porosos e danificados. (deixei a composição abaixo) 

No site do fabricante você pode fazer um teste para determinar o grau de porosidade do seu fio e assim escolher qual óleo é mais adequado pra você. O meu deu alta porosidade então escolhi o high porosity.

Confere o que o fabricante diz sobre o produto:

Nós consideramos as necessidades das mulheres do mundo todo e analisamos a estrutura do cabelo humano para criar um complexo de óleos naturais, vitaminas e nutrientes. Eles reconstroem e deixam o seu cabelo maleável, aumentam o volume, facilitam o penteado e a criação de estilos diferentes, estimulam o crescimento e inibem a perda de cabelo.

Esse que eu escolhi -hight porosity- é um tratamento regenerador para os seguintes tipos de cabelo:

  • Severamente seco e danificado
  • Áspero, frágil e fácil de quebrar
  • Caindo excessivamente
  • Falta de brilho
  • Sem vida

 

Modo de usar: eu mostrei passo a passo no vídeo, mas ele é uma umectação, então você vai aplicar no cabelo seco -pode ser sujo do jeito que estiver- e vai deixar agindo um tempo. O Nanoil pede um tempo de ação mínimo de 30 minutos antes de lavar -tem que lavar com shampoo para retirar-, mas eu sempre gosto de deixar mais tempo e até mesmo dormir com ele no cabelo lavando só no dia seguinte.

A lavagem depois é normal: seu shampoo e condicionador ou tratamentos habituais.

O que eu achei: ele tem textura de óleo mesmo e tem um tom de âmbar beem leve -como a gente lava depois não interfere na cor do cabelo loiro-. É um riquíssimo blend de óleos, então você vai ter o benefício de vários óleos na sua umectação, não só o coco, ou só o de argan, por exemplo. Lendo os ingredientes alguns que consegui identificar foram: amêndoa, argan, prímula, maracujá e algodão. Todos eles com suas propriedades particulares no cabelo.

O que eu sinto toda vez que uso o Nanoil antes da lavagem é maciez e nutrição mais intensas! O cabelo realmente fica mais bonito, mas não é só essa promessa do produto, ele vai deixando o cabelo mais tratado com o tempo de uso. Os óleos são comprovadamente benéficos para os fios e eu achei essa versão “turbinada” do Nanoil muito eficiente!

Estou usando só ele para umectação desde que chegou.

 

Sem mais delongas quero deixar o vídeo que fiz aplicando o óleo e mostrando como o cabelo fica depois de seco (caso não abra clique aqui):

 

 

Onde encontrar: só é vendido online aqui no site do fabricante. Entrega internacional. O meu chegou em 15 dias, sem taxas.

Eles fizeram a versão do site em Português com uma pegada de propaganda da Polishop -rs- mas é bem informativo! Foi esse o link que deixei para facilitar.

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, Leave in, óleos, Produtos Testados Por Bia Munstein

Amo quando consigo resenhar mais de um produto de cabelo por semana, e vocês?

Hoje vou falar desse óleo finalizador da Vizcaya que estou testando e gostando dos resultados.

Ele se chama sérum Evolution e promete 10 benefícios que listarei abaixo. Além disso ele tem na composição óleo de argan, óleo de ojon e vitamina E.

 

-O frasco é de pump, vem com 70ml e tem online aqui na Beleza na Web.

 

Confere a descrição do fabricante:

Sérum finalizador para todos os tipos de cabelo. Vizcaya Sérum Evolution 10 em 1 tem 10 benefícios para fios brilhantes e perfeitos. São eles: super brilho, controle do frizz, redução de pontas duplas, reparação dos fios, hidratação, maciez, maleabilidade, revitalização, proteção térmica e proteção UV.

ingredientes

Os 10 benefícios:

  1. super brilho
  2. controle do frizz
  3. redução de pontas duplas
  4. reparação dos fios
  5. hidratação
  6. maciez
  7. maleabilidade
  8. revitalização
  9. proteção térmica
  10. proteção V

 

Modo de uso: ele pode ser usado tanto no cabelo úmido quanto seco. Aplique um ou dois pumps do meio para baixo e seque como de costume. Ele tem proteção térmica, então pode ser usado antes do secador ou chapinha.

O que eu achei: ele tem uma característica que é muito importante pra mim que tenho cabelos loiros: é transparente! Só aqui ele já ganhou muitos pontos comigo! A textura é intermediária, não é muito ralinha mas também não é super grossa. Ele não pesa no cabelo, desde que você não aplique uma graaande quantidade. Dois pumps são super seguros no meu cabelo!

No cabelo seco ele é um óleo finalizador com efeito bem dentro do esperado: ajuda disfarçar pontas mais ressecadas, duplas, rebeldes e também ajuda com o frizz. Aquela revigorada do dia a dia!

Mas suas vantagens competitivas, vamos dizer assim, é que ele tem proteção UV e térmica então vai estar protegendo os fios tanto do sol quanto do calor. Achei ótimo e acho que todo finalizador/leave in deveria ter esses dois tipos de proteção!

Ele tem um aroma gostosinho também, mas não espere um produto suuuper cheiroso…

 

Junto com ele veio o CC cream capilar da marca com proposta similar ao Uniq One. Já estou testando e em breve conto que achei!

 

O sérum está aprovado!

 

Onde encontrar: tem aqui na Beleza na Web por 42,90 (na promoção).

 

Artigos Relacionados

Categorias: cabelos, nutrição, óleos, Sem categoria Por Bia Munstein

O óleo de coco virou febre tanto nas dietas quanto no cuidado com os cabelos, mas o que muita gente não sabe é que se tratando de tratamento capilar  ele não serve apenas para fazer umectação.

Então no post de hoje vou explicar de quais formas você pode tirar o melhor proveito do seu óleo de coco!

 

Como usar óleo de coco no cabelo: dicas

No cabelo seco: Pode parecer suspeito, mas se você tem fios ressecados será de grande valia aplicar algumas gotinhas do óleo nas pontas do cabelo depois de seco. Como se fosse um reparador de pontas, da mesma forma que fazemos com os famosos e já saturados “óleos de argan”, que na verdade são 90% silicone -ou mais-. Claro que o óleo puro engordura se aplicado em excesso, mas 3 gotinhas na palma das mãos, friccionando bem pra aquecer e depois aplicado nas pontas ajudam demais a combater o ressecamento. E você vai ver que o cabelo absorve em alguns minutos.

Outro modo de usar o óleo de coco no cabelo seco é na já famosa e reconhecida umectação! Você também pode conhecer como nutrição, que na verdade é o que o óleo faz pelo cabelo: nutrir!

 

Umectar é o ato de embeber o cabelo seco em óleo e deixar pausar por um tempo mais longo.

 

O ideal é deixar a noite toda e lavar normalmente pela manhã, mas caso isso seja impossível pra você deixar 2-3 horas já será suficiente para colher bons resultados.

Se você não esta por dentro do que é umectação e ficou interessada eu já fiz um post ensinando fazer aqui no blog e explicando pra que serve. 

 

Na hidratação para fios cacheados e secos: eu já ensinei vocês fazerem uma super nutrição usando óleo junto com a máscara. Só que na ocasião eu usei um óleo com silicone volátil pra evitar pesar os fios e dar mais sedosidade. Porém se você tem fios cacheados e secos pode se beneficiar demais do up no poder de nutrição e até controle de volume usando óleo de coco misturado a sua máscara de tratamento.

-Misture poucas gotas somente na porção que vai usar e faça o tratamento como esta acostumada. O óleo deixa a máscara mais nutritiva e ainda ajuda deixar o cabelo mais domado. Fiz muito isso na minha adolescência de cabelo cacheado (meu cabelo é super cacheado pra quem não sabe).

Aqui também vale a dica de aplicar gotas do óleo puro no cabelo! Pode ser no cabelo seco ou molhado, como se fosse um leave in. Vá dosando a quantidade e vendo qual efeito prefere.

Alisamento dos fios: muita gente acredita que o óleo de coco possa alisar os fios. Eu não concordo exatamente com a palavra alisamento, mas sim ele ajuda disciplinar um cabelo ressecado porque atua na causa do problema que é o ressecamento. Aliás  essa é uma dica que sempre dou pra quem me pede o “segredo” pra deixar meu cabelo tão liso fazendo somente escova, sem chapinha: a dica é sempre a mesma! Hidratar o cabelo sempre, inclusive antes de escovar. Cabelo ressecado não segura a forma lisa por muito tempo!

Voltando ao alisamento eu fiz um post contando minha experiência de 6 meses usando o óleo de coco para alisar aqui no blog.

Proteção em cabelos mistos: essa dica vai especialmente para quem tem fios mistos, ou seja, cabelos com a raiz oleosa e pontas ressecadas. Se você tem esse tipo de fio sabe o que é ficar dividida entre a necessidade de lavar o cabelo todo dia por causa da raiz e de não querer sacrificar as pontas secas e fragilizadas com tantas lavagens.

Então a dica é muito simples e super funciona: aplique algumas gotas de óleo somente nas pontas, antes de entrar no banho. Assim o shampoo remove o óleo de coco e não a proteção das suas pontas. Siga sua rotina de lavagem normalmente e não esqueça de leave in só nas pontas depois de enxuto com a toalha.

-Eu fiz um post aqui só com dicas para cabelos mistos caso tenha perdido.

 

E por hoje é só!

 

Gostaram das dicas? Quem fizer outros usos do óleo, mesmo que não seja no cabelo, compartilha com a gente os comentários? 😉

Abaixo deixo o vídeo que gravei falando sobre o alisamento com óleo de coco e também mostrando como usar:

Artigos Relacionados

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"