Categorias: cabelos, shampoo Por Bia Munstein
Hoje nós vamos falar um pouco sobre Cabelos.

Estive dando várias pesquisadas sobre o sal e o Ph do shampoo, devido á toda esta febre de escova progressiva,e tal…depois de muito pesquisar cheguei a conclusão que devemos nos preocupar mais com o Ph do shampoo que vamos passar nos nossos cabelinhos. É ele quem define boa parte do estado que seu cabelo vai ficar.Já o sal realmente vi que não difere muito não,é um pouco de jogada de marketing.
Já que precisamos nos preocupar com o PH das marcas, vamos saber um pouco mais:

vamos as definições do Ph: Ele vai de 0 a 14.
Acima de 7 é considerado alcalino
Abaixo de 7 é considerado ácido
E 7 é neutro.

Basicamente o ph ácido fecha as cutículas do cabelo, deixando selado,com aparência mais lisa,brilhosa..enquanto o alcalino abre, deixando o cabelo cheio de frizz(urgh!!),ressecado e sem brilho.

Na verdade toda beleza do seu cabelo vai depender de como anda o Ph dele, nosso cabelo tem naturalmente Ph em torno de 5,5(que é ácido), pois com as cutículas fechadas ele ganha brilho e aquele aspecto lisinho,macio.
Mas quando fazemos químicas, pintamos e etc, o Ph do cabelo é alterado (as químicas que passamos no cabelo são beeem alcalinas,em torno de 13, pois precisam abrir a cuticula para o produto penetrar. Entendeu da onde vem o estrago?), daí a nessecidade de usarmos um produto com Ph mais ácido para equilibrar o Ph dos fios, mas mesmo quem não usa quimica não deve optar por produtos com Ph acima de 7.
Portanto recomendo se seu cabelo é ressecado, como o meu, que use shampoo com Ph em torno de 5,5 e e condicionar em torno de 4,5, para terminar de selar as cuticulas do cabelo. O difícil é saber o Ph dos danadinhos pois são poucas as marcas que falam, normalmente só os produtos destinados aos cabelereiros tem esta informação.

No momento estou usando este da OX Plants, Ph 5,5, mas tenho vaaaarios,é bom sempre variar, em outro post vou falar mais sobre o Ph e de algumas marcas.

Artigos Relacionados

Resenha: Condicionador Frizz Ease John Frieda

18 de setembro de 2014 - 10:29

[…] assim que comecei o blog lá em 2009 (tem curiosiodade pra saber qual foi o primeiro post? Foi esse aqui ó) eu tinha muita vontade de testar, mas na época ainda não sabia o que era Feelunique e acabei […]

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"