Categorias: cabelos, nutrição Por Bia Munstein

 nutrição capilar umectação

Oi meninas! Quem seguiu comigo o desafio nutrição que propus por 30 dias? Eu segui direitinho e hoje vou contar pra vocês o que achei, como meu cabelo reagiu, as dificuldades, e tal.

Pra quem perdeu o projeto veja aqui o post de início e aqui do meio do tratamento.

Pra começa quero falar da dificuldade de aplicar (e lembrar de aplicar) o óleo antes de cada lavagem. No começo, como ainda não estava acostumada, eu frequentemente esquecia. Chegava o dia de lavar e eu não tinha dormido com o óleo. Isso me deixava muito chateada porque o ideal era realmente ficar com ele a noite toda, mas eu ia aplicava o óleo no cabelo e aguardava pelos menos umas duas horas antes de lavar. Confesso que quando comecei a me habituar e lembrar de passar no óleo sempre no dia anterior já estava quase no fim dos 30 dias rs

Mas fora isso tirei de letra a aplicação porque realmente é muito fácil e não requer nem pratica nem habilidade. Passou um pouco do óleo no cabelo seco mesmo, ta pronto. A minha dica aqui é não exagerar na quantidade, assim o cabelo absorve rapidamente o produto e você não fica com o cabelo melado. Se isso foi um incômodo durma com uma fronha extra pra não sujar o travesseiro..

óleo de argan puro

O que eu achei do tratamento e da experiência: é um tratamento muito válido, meninas. Você se lembrar de dedicar uns minutinhos por dia, uma ou duas vezes na semana, pra preparar seu cabelo pra lavagem com certeza mostra que você é um pessoa que se preocupa com o cuidado dos fios. E isso é uma das coisas mais importantes pra ter cabelos bem cuidados, como eu sempre digo.

E é com certeza um hábito que faz a diferença em cabelo secos (ressecados principalmente) primeiro porque o óleo já protege um pouco o cabelo da agressão do shampoo, já que na verdade o que precisa de duas lavagens é a raiz, do meio pras pontas só precisa de uma, então o óleo faz essa primeira barreira impedindo a agressão “duplicada” do shampoo.

Depois vem a parte do tratamento em si. O óleo além de proteger ajuda o cabelo recuperar sua barreria natural de umidade, acho que não é novidade pra ninguém que a hidratação natural do cabelo vem do óleo que nasce da raiz. Por isso pessoas com cabelo mais oleoso tem fios naturalmente hidratados. Aí nós, que não temos esse óleo em quantidade adequada, sofremos com cabelo seco. Quando incluímos a umectação na nossa rotina capilar é como se estivéssemos dando uma forcinha pro couro cabeludo na produção de óleo. Claro que um óleo não se compara com o outro, mas ajuda muito, com certeza.

No fim o que posso dizer é que amei fazer todo esse processo de umectação e com certeza foi muito benéfico pro meu cabelo. Senti os fios especialmente mais fortes. Infelizmente não posso continuar porque o óleo me atrapalha resenhar as máscaras de tratamento -afinal o cabelo já estava umectado, como vou saber o real efeito da máscara?- mas fiz questão de fazer esse processo inicial com vocês para incentivá-las a continuarem sozinhas após os primeiros resultados.

Agora quero saber de vocês: o que acharam? Vão continuar fazendo?

 

Artigos Relacionados

Joice Farinelli

22 de agosto de 2014 - 8:12

Oi Bia eu fiz 1 vez por semana então já fiz 4 vezes eu lavo o cabelo 2 vezes por semana, senti muita diferença está macio alinhado uma beleza.
Tenho luzes tbm adoro suas dicas sempre compro os produtos que vc indica 🙂 bjos

Bia Munstein

18 de agosto de 2014 - 8:33

@Isabela, Isa vou te responder o mesmo que falei acima:
como eu ia colocar foto de antes e depois? o "antes" seria de algum produto que eu resenhei anteriormente, não vejo muito sentido nisso…
eu coloco antes de depois quando altera cor, textura…

mas desculpe ter decepcionado! 🙁
beijos

Bia Munstein

18 de agosto de 2014 - 8:32

@Monike, flor mas como eu ia colocar foto de antes e depois? o "antes" seria de algum produto que eu resenhei anteriormente, não vejo muito sentido nisso…
eu coloco antes de depois quando altera cor, textura…
mas pode confiar que ajudou bastante hehe
beijos

Bia Munstein

18 de agosto de 2014 - 8:29

@Lenny Sillva, Lenny a máscara vc pode usar mesmo antes do cabelo amarelar! pra prevenir 😉
usa a cada 10 dias mais ou menos, ou até uma vez por semana.
beijos

Marília

17 de agosto de 2014 - 11:09

Biaa! Não sei se você viu, mas a linha Frizz Easy da John Frieda mudou! Estou um pouco perdida quanto aos produtos antigos, tem como dar um help?? rsrs beijoooos

Luci

16 de agosto de 2014 - 15:55

Oi Bia! tenho uma dúvida: esses óleos que vendem em perfumarias tipo semente de uva, abacate, amêndoas etc são indicados? Eu penso que são apenas óleo mineral! Onde encontro esses óleos vegetais puros? obrigada
beijo

Lenny Sillva

16 de agosto de 2014 - 8:17

Bia, na época que você lançou o desafio, eu estava em tratamento para quebra no salão e não pude acompanhar desde o começo. Estou nesse momento com o cabelo com óleo para lavar mais tarde.

A primeira vez que fiz, senti ele bem macio e meu cabelo chupou totalmente o óleo, pelo visto estava muito necessitado.

Agora fazendo a segunda, conforme fui passando o óleo nas pontas, elas foram vindo na minha mão, deve ser porque acabei de retocar meu reflexo e elas estão se rompendo, mas espero que pare depois que eu lavar com a linha rescue repair que comprei botando fé na resenha do seu blog.

Poderia me tirar uma dúvida? Tenho cabelo com reflexo e uso um oléo da cor desse da foto que você usou lá em cima abaixo do tema, amarelo. Isso pode ajudar a amarelar minhas mechas, correto? Comprei a máscara desamareladora da Charis, se caso isso acontecer e queria pedir encarecidamente para que resenhasse ela. Ela custa R$52,00 e tem no beleza na web, Charis Violet.

Beijos e obrigada por estar sempre nos livrando dos sufocos capilares.

Monike

15 de agosto de 2014 - 17:04

Bia faltou a foto do antes e depois né, eu também to fazendo o tratamento e amando, queria ver os resultados nos seus cabelos.
Beijos minha querida

Isabela

15 de agosto de 2014 - 15:59

Achei que ia ter uma foto antes e depois! 🙁

Rachel

15 de agosto de 2014 - 12:26

Boa tarde, vou experimentar este tratamento no cabelo da minha filha, ela esta com o cabelo quebrando muito e não sabia o q fazer, acho q pode dar certo esse tratamento para ela,mando noticias. bjssss

Marcia

15 de agosto de 2014 - 12:05

Olá Bia!
Comecei a três semanas, inicialmente com azeite de oliva e recentemente com óleo de coco. Confesso que com o óleo de coco é bem mais complicado, aqui no sul está muito frio, então o óleo de coco solidifica, na hora da aplicação é preciso derreter e já na hora que passa ele começa a ficar pastoso no cabelo, fica parecendo uma cera, para retirar na lavagem eu senti mais dificuldade com ele do com o azeite de oliva, devido a esse aspecto pastoso mesmo. Mas o resultado é ótimo, muito melhor do que com o azeite de oliva, o cabelo fica soltinho, alinhado, macio e brilhoso. Apesar do trabalho na aplicação vou continuar usando uma vez por semana, e logo o verão chega e pelo que vi na internet, acima dos 25º C o óleo de coco já fica no estado líquido. Agora quero comprar a manteiga de Karité para testar, dizem ser uma das melhores para umectação.
Beijos

Andressa

15 de agosto de 2014 - 9:59

Oieee
Bia estou fazendo e continuareiii. Nossa deu um brilho no meu cabelo e as partes ressecadas já amenizaram bastante. Eu faço umectação com óleo de rícino, ele é muito consistente e é bem difícil de aplicar no cabelo. Mas isso nem se compara com os benefícios que ele tem feito no meu cabelo. Um grande beijooo.

Mariana

15 de agosto de 2014 - 9:14

Oi Bia

Estou fazendo tambem o processo de umectação melhorou bastante o meu cabelo, ele é seco e ressecado por conta das luzes, então ele esta adorando o tratamento a mais.

Beijos Bia sucesso

Nathalia Lyra

15 de agosto de 2014 - 8:29

Oi Bia, tudo bem?
Também estou fazendo a umectação, uso o óleo de coco COPRA. Meu cabelo está agradecendo! Adoro seu blog! Beijos. Nath

Deise

15 de agosto de 2014 - 8:18

Olá Bia! Gostei muito do desfio me ajudou bastante, pena que eu só pude fazer uma vez por semana, pela minha rotina corrida, mas foi maravilhosa tua dica pois eu não sabia que dava para usar o óleo direto nos cabelos e pesquisei mais a fundo as diversas maneiras de usá-lo. Parabéns pelo Blog

Desirée

15 de agosto de 2014 - 8:06

Bia, adorei! Eu tenho o cabelo misto, a raiz é bastante oleosa e de resto bastante ressecado. Depois que comprei teu ebook que fiquei sabendo que quem tem cabelo misto deve usar um shampoo para cabelo misto ou até oleoso, e caprichar na hidratação do resto, dai sim que a dica da umectação foi valiosa. Como não lavo os cabelos pela manhã eu aplicava sempre 2hs antes de lavar a noite, e acho que isso ajudou muito a proteger do meio para as pontas da lavagem com shampoo transparente. Valeu muito e pretendo seguir fazendo… Bjbj

Karla

15 de agosto de 2014 - 7:15

Oi Bia. Antes de começar o desafio estava com umas pontas muito feias e que já tinham sido cortadas recentemente. O que fiz de diferente neste mês foi reconstruções com mais frequencia e o desafio nutrição. Não sei qual dos dois foi melhor, mas meu cabelo está outro da raiz às pontas. Muito obrigada 🙂

Lucelia

15 de agosto de 2014 - 7:15

Bia bom dia!
Eu passo óleo todo dia. De manhã antes de sair pro trabalho e a noite assim que chego. Tem algum problema? São óleos diferentes. Passo o de nutrição a noite e o outro de argan com proteção térmica de manhã( pq aqui no centro do rio e uma poluição dos infernos afff).
Percebi por fotos (eu tiro sempre foto do cabelo)que o bichinho ta crescendo bem hehehehe, ah também pintei esses dias e não vi estragos nas pontas =)
Bjossss no coração!

Juliana

15 de agosto de 2014 - 6:48

Oi Bia, eu comecei o meu faz uma semana e realmente faz diferença… Seu cabelo esta cada dia mais bonito, parabéns…
Obrigada por todas as dicas.
Bj

cacau

15 de agosto de 2014 - 6:13

OI BIA!
QUANDO EU LI O ARTIGO NUTRIÇAO 30 DIAS,FIQUEI CURIOSA PRA TESTÁ-LA E
CONVERSO QUE O RESULTADO FOI IMPRESSIONANTE.
CABELOS MAIS SEDOSOS,HIDRATADO E SEM PONTAS DUPLAS E CLARO MUITO MAS BRILHO.
PUDE ATÉ ENTÃO OBSERVAR QUE ESTIMULOU O CRESCIMENTO DO MEU CABELO.
VALEU A DICA E A EXPERIÊNCIA.

"Dedico o trabalho neste blog, assim como toda a minha vida, ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que vive e Reina para todo o sempre. Amém!"